Master of Puppets

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Master of Puppets
Álbum de estúdio de Metallica
Lançamento Estados Unidos3 de março de 1986
Gravação 1 de Setembro - 27 de Dezembro de 1985 no Sweet Silence Studios de Copenhague, Dinamarca
Gênero(s) Thrash metal
Duração 54:46
Gravadora(s) Elektra
Produção Metallica e Flemming Rasmussen
Cronologia de Metallica
Ride the Lightning
(1984)
...And Justice for All
(1988)

Master of Puppets é o terceiro álbum de estúdio pela banda de thrash metal/heavy metal norte-americana Metallica, lançado em 3 de março de 1986 pela Elektra Records e o último álbum da banda com o baixista Cliff Burton, que morreu em um acidente de autocarro na Suécia enquanto estava em uma turnê para promover o álbum. O álbum se tornou o primeiro álbum de thrash metal a ser certificado com um disco de platina. Em 2003 o álbum vendeu mais de seis milhões de cópias, sendo certificado com seis discos de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA).[1]

Master of Puppets recebeu críticas positivas dos críticos, que elogiaram o álbum por sua música enérgica e suas letras políticas. O álbum também foi incluído em várias listas de melhores álbuns e foi considerado um dos álbuns de heavy metal mais influentes da época.

História[editar | editar código-fonte]

Amplamente reconhecido como um dos maiores álbuns da história do metal. A revista inglesa Metal Hammer e o site MusicRadar.com se uniram para promover uma votação para eleger o melhor álbum de Heavy Metal de todos os tempos; o escolhido fora o álbum Master Of Puppets. O álbum reúne a agressividade e a velocidade de Kill 'Em All, com a técnica de Ride the Lightning, em composições extremamente elaboradas, com riffs e solos complexos.

"Battery", a primeira música, é iniciada com violões de música espanhola, para subitamente explodir em um riff poderosíssimo. Segundo a lenda viva do metal, Ozzy Osbourne, Master of Puppets é o que se fez de melhor na história do Heavy Metal. Outros destaques são "Disposable Heroes", "Leper Messiah", "Damage Inc.", "Welcome Home (Sanitarium)", e "Orion".

Master of Puppets foi eleito pela revista Kerrang! Klassic o sétimo maior álbum da história do Heavy Metal.[2] A faixa-título é citada no livro Rock and Roll: uma história social de Paul Friedlander como longe de ser simplista, contendo mudanças na métrica, no andamento e na entonação e de padrões de arpejo.

Um fato importante sobre Master of Puppets é que ele não é um álbum conceitual. A banda desenvolve o tema "Dominação" no decorrer das canções, o que fica muito claro na letras das faixas "Master of Puppets", "Disposable Heroes" e "Leper Messiah", mas as músicas não tem uma relação entre si.

Em 2006, a banda iniciou uma turnê de aniversario dos 20 anos do álbum e tocou o disco na integra. A turnê também foi uma homenagem aos 20 anos da morte do baixista Cliff Burton.

  • Em 2004, a banda de metal progressivo Dream Theater fez um álbum cover de Master of Puppets, regravando todas as músicas do mesmo.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 5 de 5 estrelas.[3]
Chicago Tribune 4 de 4 estrelas.[4]
Robert Christgau B–[5]
Encyclopedia of Popular Music 4 de 5 estrelas.[6]
Kerrang! 5 de 5 estrelas.[7]
The Rolling Stone Album Guide 5 de 5 estrelas.[8]
Sputnikmusic 4.5/5[9]
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Battery"   Hetfield, Ulrich 5:13
2. "Master of Puppets"   Hetfield, Ulrich, Hammett, Burton 8:36
3. "The Thing That Should Not Be"   Hetfield, Ulrich, Hammett 6:37
4. "Welcome Home (Sanitarium)"   Hetfield, Ulrich, Hammett 6:28
5. "Disposable Heroes"   Hetfield, Ulrich, Hammett 8:17
6. "Leper Messiah"   Hetfield, Ulrich 5:41
7. "Orion (Instrumental)"   Hetfield, Ulrich, Burton 8:28
8. "Damage, Inc."   Hetfield, Ulrich, Hammett, Burton 5:30
Duração total:
54:46

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação Vendas
 Austrália Platina - ARIA [carece de fontes?] 150 000+
 Estados Unidos 6× Platina - RIAA[10] 6 812 000+
 Canadá 6× Platina - Music Canada[11] 500 000+
 Finlândia Platina - IFPI Finlândia[12] 57 647+

Membros[editar | editar código-fonte]

Amostra de "Damage, Inc.".

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.
Produção

Referências

  1. American Album Certifications - Master of Puppets Recording Industry Association of America. Restaurado em 27 de dezembro de
  2. «100 Greatest Heavy Metal Albums of All Time». Kerrang! (em inglês). 1989. Consultado em 18 de março de 2011 
  3. Huey, Steve. «Master of Puppets». AllMusic. Consultado em January 30, 2008  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  4. Kot, Greg (December 1, 1991). «A Guide to Metallica's Recordings». Chicago Tribune. Consultado em July 28, 2013  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  5. Christgau, Robert. «Album: Metallica: Master of Puppets». Robert Christgau. Consultado em July 25, 2013  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  6. Larkin, Colin (2006). Encyclopedia of Popular Music. 5 4th ed. Oxford University Press. p. 725. ISBN 0-19-531373-9 
  7. Brannigan, Paul; Winwood, Ian (2013). Birth School Metallica Death, Volume 1. Faber and Faber. pp. Chapter 5 & 7. ISBN 978-0-571-29416-9 
  8. Brackett, Nathan; Hoard, Christian David (2004). The New Rolling Stone Album Guide. Simon and Schuster. p. 538. ISBN 0-7432-0169-8 
  9. Butler, Nick (June 26, 2006). «Metallica - Master of Puppets». Sputnikmusic. Scroll down to Nick Butler (staff). Consultado em January 28, 2013  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)
  10. «Gold & Platinum». RIAA. Consultado em 23 de agosto de 2008 
  11. CRIA Gold & Platinum certifications for October 2006. Retrieved July 25, 2007.
  12. IFPI Finland Searchable database - Gold and Platinum. Retrieved July 7, 2009.
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum do Metallica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.