Matéria escura fria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na cosmologia e na física, a matéria escura fria (MEF) é uma forma hipotética de matéria escura cujas partículas se movem lentamente em relação à velocidade da luz (o frio em MEF), uma vez que o universo quando tinha aproximadamente um ano continha a massa de uma galáxia típica); e interagem muito fracamente com matéria ordinária e radiação eletromagnética (a escuridão em MEF). Acredita-se que aproximadamente 84,54% da matéria no universo seja de matéria escura, com somente uma fração pequena que é a matéria bariônica ordinária que compõe as estrelas, planetas e organismos vivos.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Blumenthal, G. R.; Faber, S. M.; Primack, J. R.; Rees,, M. J. (1984). «Formation of galaxies and large-scale structure with cold dark matter». Nature. 311 (517): 517–525. Bibcode:1984Natur.311..517B. doi:10.1038/311517a0 
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.