Matheus Índio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Matheus Índio
Informações pessoais
Nome completo Matheus da Cunha Gomes
Data de nasc. 28 de fevereiro de 1996 (21 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Altura 1,70 m
Canhoto
Apelido Índio
Informações profissionais
Clube atual Portugal Estoril
Número 20
Posição Meia
Clubes de juventude
20082013
2012
2014
2014
20152016
Rio de Janeiro Vasco da Gama
Inglaterra Arsenal (emp.)
São Paulo Penapolense
São Paulo Santos (emp.)
Rio de Janeiro Vasco da Gama
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2014
20152016
2016
Brasil Penapolense
Brasil Vasco da Gama
Portugal Estoril
0002 0000(0)
0006 0000(0)
0031 0000(4)
Seleção nacional
2011
2013
Brasil Brasil Sub-15
Brasil Brasil Sub-17


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 29 de maio de 2017.

Matheus da Cunha Gomes, mais conhecido como Matheus Índio (Rio de Janeiro, 28 de fevereiro de 1996), é um futebolista brasileiro que joga como meia. Atualmente defende o Estoril.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Matheus Índio chegou ao Vasco da Gama aos 11 anos de idade, no qual conquistou diversos títulos na base ao lado do lateral Lorran, atacante Mosquito, entre outros. Em 2012, após ser destaque da base, foi emprestado ao Arsenal da Inglaterra por 1 semana.[1] Retornou, foi destaque da sub-20, mas no fim de 2013, rescindiu na Justiça seu contrato, alegando atraso em seus vencimentos.[2]

Penapolense[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2014, após o problema de rescisão, Matheus Índio é o novo reforço da Penapolense, para a disputa do Paulistão de 2014.[3] Disputou 2 jogos, no qual em ambas foi escalado de forma irregular contra o Corinthians e Ituano.[4]

Santos[editar | editar código-fonte]

Após o Campeonato Paulista, estava prestes a ser anunciado pelo Santos, clube no qual vinha treinando, mas o Vasco voltou a acionar a justiça e Índio teve seu contrato reativado.[5]

Retorno definitivo ao Vasco[editar | editar código-fonte]

Em 5 de janeiro de 2015, foi anunciado pelo Vasco da Gama seu retorno, em forma definitiva, sendo o 11º reforço para a temporada, assinado por 3 temporadas, com um novo vínculo que, antigamente era até o meio de 2015, vai agora até o fim de 2017.[6]

Estoril[editar | editar código-fonte]

Em 27 de junho de 2016, o Vasco definiu o seu empréstimo ao Estoril, de Portugal. Ele segue na Europa por uma temporada e terá o valor fixado para opção de compra da parte dos direitos econômicos que pertence aos cariocas. O Cruz-Maltino seguirá pagando metade dos salários do meio-campista, além do acordo feito na ocasião de sua volta: cerca de R$ 300 mil por luvas e salários diluídos até o fim de seu contrato, em meado de 2018.[7]

Marcou duas vezes na vitória por 2 a 0 sobre o Moreirense, com direito a gol olímpico, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Português, este foi o segundo jogo seguido de Índio como titular do Estoril. Antes, o atleta ficou no banco contra Porto, Feirense e Braga - diante deste último, entrou na partida no segundo tempo, a vitória tirou o Estoril da última posição do Campeonato Português. Agora, a equipe, que também conta com Mattheus (filho do ex atacante Bebeto), ex-Flamengo, está na 12ª posição, com quatro pontos em cinco partidas.

Em 4 de maio de 2017, o Estoril exerceu a opção de compra para ficar com Matheus Índio. O clube português pagou R$ 1 milhão ao Vasco para adquirir 30% dos direitos econômicos do jogador, totalizando 50%. O Cruz-Maltino segue com 25%, e o restante é dividido entre o meia e seus investidores.[8]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vasco da Gama
Seleção Brasileira

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]