Mathilda May

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mathilda May
Nacionalidade Francesa
Ocupação atriz

Mathilda May, nascida com o nome de Karima Mathilda Haïm, em 08 de fevereiro de 1965 em Paris, França, é uma atriz francesa.

Início da Vida[editar | editar código-fonte]

May nasceu em Paris. Seu pai é o dramaturgo Victor Haïm, que é judeu, descendente de gregos e turcos. Sua mãe é a sueca, professora de balé e coreógrafa Margareta Hanson. [1] Aos 16 anos, May venceu o "Premier Prix du Conservatoire de Danse de Paris" (Primeiro Prêmio do Conservatório de Dança de Paris).

Carreira[editar | editar código-fonte]

A maioria dos trabalhos de May para o cinema foi em francês e feito para o mercado europeu. Os filmes não-franceses em que ela trabalhou incluem Lifeforce (1985), Naked Tango (1991), Becoming Colette (1991) e The Tit and the Moon (1994). No Brasil, ela é mais conhecida por seu papel como uma "vampiro" alienígena na obra de ficção-científica e terror (gênero) Lifeforce de 1985, dirigido por Tobe Hooper, em que ela atua nua em praticamente toda a película.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

May foi casada três vezes: Seu primeiro marido foi Paul Powell. Seu segundo marido foi Gérard Darmon, com quem tem dois filhos, a filha Sarah (nascida em 17 de agosto de 1994) e seu filho Jules (nascido em 04 março de 1997).

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • A Girl Cut in Two (2007)
  • La-bas...mon pays (2000)
  • The Jackal (1997)
  • Le Voleur et la menteuse (1994)
  • Dead Tired (1994)
  • The Tit and the Moon (1994)
  • Toutes Peines Confondues (1992)
  • Becoming Colette (1992)
  • Naked Tango (1991)
  • Schrei aus Stein (1991)
  • La Barbare (1989)
  • Trois places pour le 26 (1988)
  • La Passerelle (1988)
  • La Vie dissolue de Gerard Floque (1987)
  • The Cry of the Owl (1987)
  • Lifeforce (1985)
  • Les Rois du Gag (1985)
  • Letters to an Unknown Lover (1984)
  • Nemo (1984)

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Back to Top
  • Erich Segal's Only Love (1998)
  • Whipping Boy (1994)

Referências

  1. Mathilda May, VSD.fr

Ligações externas[editar | editar código-fonte]