Matou a Família e Foi ao Cinema (1991)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Matou a família e foi ao cinema
 Brasil
1991 •  cor •  101 min 
Direção Neville de Almeida
Roteiro Júlio Bressane
Neville de Almeida
Elenco Cláudia Raia
Louise Cardoso
Alexandre Frota
Maria Gladys
Ana Beatriz Nogueira
Pedro Aguinaga
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Matou a Família e Foi ao Cinema é um filme brasileiro de 1991 dirigido por Neville de Almeida e escrito por Júlio Bressane. É uma nova versão do filme de 1969, dirigido por Bressane.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Bebeto, após discutir com os pais, mata-os e, em seguida, vai ao cinema, onde assiste impassivelmente quatro filmes de curta-metragem.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Festival de Gramado 1991

  • Venceu nas categorias de melhor direção e melhor atriz coadjuvante (Ana Beatriz Nogueira).
  • Indicado na categoria de melhor filme.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.