Maurício Borges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maurício Borges
Voleibol
Nome completo Maurício Borges Almeida Silva
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 4 de fevereiro de 1989 (29 anos)
Maceió, AL
Nacionalidade brasileiro
Compleição Peso: 99 kg Altura: 2,00 m
Clube Brasil Vôlei SESC-RJ
Medalhas
Competidor do Bandeira do Brasil Brasil
Jogos Olímpicos
Ouro Rio 2016 Equipe
Campeonato Mundial
Prata Polônia 2014 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Ouro Guadalajara 2011 Equipe
Prata Toronto 2015 Equipe
Liga Mundial de Voleibol
Ouro Córdoba 2010 Equipe
Prata Cracóvia 2016 Equipe
Prata Florença 2014 Equipe
Prata Mar del Plata 2013 Equipe
Prata Curitiba 2017 Equipe
Copa dos Campeões
Ouro Japão 2013 Equipe
Copa Pan-Americana
Ouro Cidade do México 2013 Equipe
Campeonato Mundial Juvenil
Ouro Pune 2009 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Prata Poços de Caldas 2008 Equipe
Campeonato Sul-Americano Infanto-juvenil
Ouro Rosário (Argentina) 2006 Equipe
Competidor do Sada Cruzeiro
Campeonato Mundial de Clubes
Prata Doha 2012 Equipe
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Prata Linares (Chile) 2012 Equipe
Competidor do Vivo/Minas
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Bronze Belo Horizonte 2014 Equipe

Maurício Borges Almeida Silva(Maceió, 4 de fevereiro de 1989) é um voleibolista indoor brasileiro, atuante na posição de Ponteiro, com marca de 335 cm de alcance no ataque e 310 cm no bloqueio e desde as categorias de base da Seleção Brasileira acumula resultados expressivos para o país: medalhista de ouro no Campeonato Sul-Americano Infanto-juvenil em 2006 na Argentina, nesta mesma categoria participou do Campeonato Mundial de 2007 no México; medalhista de prata no Campeonato Sul-Americano Juvenil de 2008 no Brasil e na mesma categoria conquistou o ouro no Campeonato Mundial Juvenil de 2009 na Índia.Pela Seleção Brasileira de Novos alcançou título da Copa Pan-Americana de 2013 no México e pela seleção principal foi medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2011 no México e nesta mesma competição obteve a prata em 2015 no Canadá e participou da Liga Mundial de 2010 conquistando o ouro[1][2] e de 2012 e obteve a prata na edição desta competição em 2013, e neste mesmo ano sagrou-se Campeão da Copa dos Campões no Japão.Em clubes foi ouro no Campeonato Sul-Americano de Clubes no Chile em 2012 e no mesmo ano prata no Campeonato Mundial de Clubes no Qatar[3] e bronze na edição realizada no Brasil em 2014.Pela Seleção Principal conquistou a prata ma edição da Liga Mundial de 2014.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Maurício inicia sua trajetória no vôlei no Colégio Marista Maceió, quando participou da Olimpíada Marista Brasil Norte, conquistando o bicampeonato nesta nos anos de 2001 e 2004. Inspirado em sua mãe Marilda Borges, ex-voleibolista com destaque no vôlei alagoano e da Seleção Brasileira, e do seu irmão Everton[4].Foi convocado para representar a Seleção Alagoana em nove edições do Campeonato Brasileiro de Seleções, período de 2000 a 2005[3] onde jogou pelo CRB [2], sendo o bronze obtido em 2004 nesta competição obtido na categoria infanto-juvenil, realizada em Maceió no ano de 2004[5].

Encontrou por acaso um dos grandes ídolos do Telemig/Minas, o Pelé do Vôlei, este o aconselhou fazer um teste e foi aprovado[6] em 2005 e neste ano já conquistou os títulos do Campeonato Mineiro tanto na categoria infanto-juvenil e juvenil, obtendo o bicampeonato nestas categorias no ano de 2006 e neste ano foi campeão também na categoria adulta e da Copa Flanders.Representou a Seleção Mineira, categoria juvenil, na conquista do bronze no Campeonato Brasileiro de Seleções de 2006, sediado em Brasília-DF[7].

No ano de 2006 foi convocado para Seleção Brasileira para representá-la na categoria infanto-juvenil, quando disputou o Campeonato Sul-Americano realizado em Rosário-Argentina e conquistou o título desta edição; ainda nesta categoria disputou o Torneio Region de Lazio além do título, foi eleito o Melhor Jogador da competição. Retornou ao clube mineiro e conquistou o título da Superliga Brasileira A 2006-07[3].

Em 2007 retornou a Seleção Brasileira, categoria infanto-juvenil, para disputar o Campeonato Mundial sediado nas cidades mexicanas de Mexicali e Tijuana e encerrou na sétima posição. Atuando pelo Telemig Celular/Minas em 2007 conquistou o tricampeonato mineiro na categoria juvenil e o bicampeonato na adulta, além do vice-campeonato da Copa Brasil[3] e representando o Esporte Clube Pinheiros conquistou o vice-campeonato no Campeonato Paulista de 2007[8] , também foi campeão mineiro em 2007 e conquistou o vice-campeonato da Superliga Brasileira A 2007-08 e aos 19 anos foi eleito a Revelação desta edição[5].

Maurício esteve na Seleção Brasileira em 2008, representando-a na categoria juvenil, disputou o Campeonato Sul-Americano sediado em Poços de Caldas-Brasil e encerrou com a medalha de prata, mas individualmente destacou-se sendo eleito como atleta com melhor recepção de toda competição[3].Com a mudança de patrocinador seu clube utilizou o nome-fantasia: Vivo/Minas, disputou por este as competições da temporada 2008-09, sendo vice-campeão mineiro em 2008 e novamente representando o Pinheiros disputou o Campeonato Paulista de 2008 e também encerrou com vice-campeonato, e na Superliga Brasileira A desta jornada a exemplo da edição anterior encerrou com vice-campeonato , individualmente foi o oitavo Maior Pontuador[3].

Em 2009 disputou o Campeonato Mundial Juvenil pela Seleção Brasileira, este realizado em Pune-Índia e conquistou a medalha de ouro, vestindo a camisa#5 por fundamento se destacou como o quadragésimo sétimo entre os maiores bloqueadores[9], também foi o trigésimo sexto com melhor saque[10] décimo quinto atleta entre os melhores do fundamento de levantamento[11] além do quinto Maior Pontuador, o segundo entre os melhores atacantes, dono da décima melhor defesa e o terceiro melhor passador da edição, sendo eleito o Melhor Jogador da competição[3].

Permaneceu no Vivo/Minas na temporada 2009-10 foi novamente vice-campeão mineiro e na Superliga Correspondente terminou na sétima posição. Em 2010 foi convocado para seleção principal e disputou alguns jogos da campanha da medalha de ouro na Liga Mundial de 2010, cuja fase final foi disputada em Córdoba-Argentina[2] também neste ano recebeu convocação para Seleção de Novos e para preparação para o Campeonato Mundial[3].Na temporada 2010-11 deixa o clube mineiro e defende o Pinheiros/Sky conquistando o bronze do Campeonato Paulista de 2010 e alcançando o sexto lugar na Superliga Brasileira A referente a 2010-11.Maurício representou a Seleção Brasileira nos Jogos Pan-Americanos de 2011 em Guadalajara-México[3].

Após a última temporada assinou contrato com o Sada Cruzeiro para atuar nas competições de 2011-12, conquistando o título mineiro e do Torneio Internacional de UC Irvine em 2011 e conquista o título também da Superliga Brasileira A correspondente a jornada.Voltou a servir a seleção principal na Liga Mundial de 2012 mas o Brasil não conseguiu nenhuma medalha , encerrando na sexta colocação, cuja fase final foi em Sófia- Bulgária[3].Permaneceu no Sada/Cruzeiro para temporada 2012-13, conquistando de forma consecutiva o bicampeonato mineiro em 2012, disputou por este clube o Campeonato Sul-Americano de Clubes em Linares (Chile) obtendo a medalha de ouro e qualificação para o Campeonato Mundial de Clubes realizado em Doha-Qatar no qual foi medalhista de prata e figurou entre os melhores por fundamento da edição:décimo nono entre os maiores pontuadores[12], décimo quarto maior bloqueador[13], décimo sexto colocado como melhor saque[14] e o décimo melhor defendor da edição[15] e chegou a mais uma final da Superliga Brasileira A 2012-14 na qual encerrou com o vice-campeonato[3].

No ano de 2013 foi convocado para Seleção Brasileira de Novos e disputou a Copa Pan-Americana sediada na Cidade do México, no México[16] e conquistou a medalha de ouro da edição, vestiu a camisa#5 e capitão do grupo, registrando 36 pontos em quatro jogos[17][18][19][20] e no mesmo ano serviu a seleção principal quando disputou a Liga Mundial cuja fase final foi em Mar del Plata-Argentina, e n esta conquistou a medalha de prata e no final deste ano disputou e conquistou o ouro na edição da Copa dos Campeões no Japão[3].Na temporada 2013-14 novamente assina contrato com o Vivo/Minas conquistando o vice-campeonato mineiro e avança as semifinais da Superliga Brasileira A referente a este período, encerrando na quarta colocação[3].

Esteve pelo Vivo/Minas na disputa do Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2014, sediado em Belo Horizonte[21], ocasião que finalizou com a medalha de bronze[22].Foi convocado pelo técnico Bernardinho para seleção principal para disputar a Liga Mundial de 2014, cuja fase final deu-se em Florença-Itália , vestiu a camisa#13[23] e conquistou pela seleção a medalha de prata[24].

Ainda em 2014 foi contratado pelo clube russo: Fakel Novy Urgenoy[25], mas o clube passou por dificuldades e liberou todos os atletas estrangeiros e Maurício foi contratado para a temporada 2014-15 pela clube brasileiro do Sesi-SP para reforçar seu elenco na Superliga Brasileira A 2014-15, na época já em andamento[26].Em 2015 disputou a Copa Brasil encerrando na nona posição, mas pela Superliga correspondente alcançou o vice-campeonato da edição[27] e figurou as estatísticas como terceiro melhor passador da edição[3].

Ainda em 2015 foi convocado para Seleção Brasileira e disputou a edição dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, ocasião capitaneou no grupo que conquistou com a medalha de prata e é contratado pelo clube turco Arkas Spor Izmir para a jornada 2015-16[28][29].

Disputou a Liga dos Campeões da Europa de 2016, avançando a fase dos Playoffs 12[30][31].

Títulos e resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «World League 2010-21st Edition-BRA / Brazil - Player's biography» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  2. a b c CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «A Seleção Brasileira – Temporada 2013». Consultado em 22 de abril de 2014. 
  3. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap Geraldo Maciel. «Perfil Maurício Borges». Consultado em 19 de março de 2016. 
  4. Abides de Oliveira (23 de agosto de 2009). «Gazeta de Alagoas-Ponteiro alagoano conquistou pela seleção brasileira o Campeonato Juvenil-Maurício:um campeão mundial». Consultado em 22 de abril de 2014. 
  5. a b c d e Minas Tênis Clube (6 de agosto de 2013). «Notícias-Esportes-Vôlei Masculino-Um novo ano- Ponteiro Maurício está de volta ao Vivo/Minas para a temporada 2013/14». Consultado em 22 de abril de 2014. 
  6. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (9 de outubro de 2008). «SUL-AMERICANO JUVENIL MASCULINO 2008: Maurício e Murilo: vôlei vem no DNA». Consultado em 22 de abril de 2014. 
  7. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol. «Relatório Técnico 2006.1- SELEÇÕES MINEIRAS MASCULINAS-Pág.32» (PDF). Consultado em 6 de agosto de 2014. 
  8. Minas Tênis Clube. «Minas Tênis Clube -Vôlei Masculino- Títulos 2007-08». Consultado em 22 de abril de 2014. 
  9. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2009 FIVB Men's Junior World Championship -Pune, India-Best Blockers» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  10. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2009 FIVB Men's Junior World Championship -Pune, India-Best Servers» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  11. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2009 FIVB Men's Junior World Championship -Pune, India-Best Setters» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  12. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2012 FIVB Men's World Club Championship - MEN - BEST PLAYERS-Best scorers» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  13. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2012 FIVB Men's World Club Championship - MEN - BEST PLAYERS-Best blockers» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  14. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2012 FIVB Men's World Club Championship - MEN - BEST PLAYERS-Best servers» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  15. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2012 FIVB Men's World Club Championship - MEN - BEST PLAYERS-Best diggers» (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2014. 
  16. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (1 de agosto de 2013). «SELEÇÃO MASCULINA: Sai a primeira convocação para Copa Pan-Americana e Mundial Sub-23». Consultado em 18 de abril de 2016. 
  17. Norceca (19 de agosto de 2013). «VOLLEYBALL-Match result -Copa Panamericana Masculino Superior 2013-Preliminary Group A» (PDF) (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2016. 
  18. Norceca (23 de agosto de 2013). «VOLLEYBALL-Match result -Copa Panamericana Masculino Superior 2013-Preliminary Group A» (PDF) (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2016. 
  19. Norceca (23 de agosto de 2013). «VOLLEYBALL-Match result -Copa Panamericana Masculino Superior 2013-Semifinals» (PDF) (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2016. 
  20. Norceca (24 de agosto de 2013). «VOLLEYBALL-Match result -Copa Panamericana Masculino Superior 2013-Finals (Places 1-2)» (PDF) (em inglês). Consultado em 18 de abril de 2016. 
  21. Federação Paranaense de Voleibol (20 de fevereiro de 2014). «SUL-AMERICANO MASCULINO DE CLUBES: Equipes brasileiras estreiam sem dificuldades». Consultado em 22 de março de 2016. 
  22. CSV- Confederación Sudamericana de Voleibol (24 de fevereiro de 2014). «SUDAMERICANO DE CLUBES MASCULINO: En partida increíble, el Sada Cruzeiro derrota al UPCN y conquista el campeonato» (em espanhol). Consultado em 22 de março de 2016. 
  23. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2014 FIVB World League-TEAM COMPOSITION» (em inglês). Consultado em 15 de agosto de 2014. 
  24. FIVB-Federação internacional de Voleibol. «2014 FIVB World League-FINAL STANDING / Group 1» (em inglês). Consultado em 15 de agosto de 2014. 
  25. russiavolley.com (19 de junho de 2014). «Brasilian Maurício Borges will play for Fakel next season» (em inglês). Consultado em 19 de março de 2016. 
  26. Lucas Dantas (5 de novembro de 2014). «MVÔLEI: SESI-SP APRESENTA O REFORÇO DE MAURICIO BORGES PARA A SUPERLIGA». Agência Indusnet Fiesp. Consultado em 19 de março de 2016. 
  27. a b Observatório do Esporte (13 de abril de 2015). «De virada, time mineiro é tricampeão da Superliga». Consultado em 19 de março de 2016. 
  28. GloboEsporte.com (25 de dezembro de 2015). «Prata no Pan e novo time fora do Brasil marcam 2015 de Maurício Borges». Consultado em 19 de março de 2016. 
  29. Hürriyet Gazetecilik ve Matbaacılık A.Ş (14 de maio de 2015). «Arkas, Mauricio Borges Almeida Silva ile anlaştı» (em turco). Consultado em 19 de março de 2016. 
  30. CEV- Confederação Europeia de Voleibol. «2016 CEV DenizBank Volleyball Champions League - Men-Playoffs Phase-Playoff 12» (em inglês). Consultado em 19 de março de 2016. 
  31. CEV- Confederação Europeia de Voleibol. «2016 CEV DenizBank Volleyball Champions League - Men-Match Details» (em inglês). Consultado em 19 de março de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]