Maurice Baring

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maurice Baring
Data de nascimento 27 de abril de 1874
Local de nascimento Mayfair, Inglaterra
Nacionalidade Inglaterra Inglês
Data de morte 14 de dezembro de 1945 (71 anos)
Local de morte Castelo de Beaufort (Escócia), Escócia
Ocupação Dramaturgo, poeta, romancista, tradutor, ensaísta, escritor de viagens e correspondente de guerra
Magnum opus O trono e o altar

Maurice Baring (Mayfair, 27 de abril de 1874 - Castelo de Beaufort (Escócia), 14 de dezembro de 1945) foi um versátil intelectual inglês, conhecido como um dramaturgo, poeta, romancista, tradutor, ensaísta, escritor de viagens e correspondente de guerra.

Ele era o quinto filho de Edward Charles Baring, primeiro Barão Revelstoke, da família bancária Baring, e de sua esposa, Louisa Emily Charlotte Bulteel, neta do segundo Conde Grey. Maurice Baring foi educado em Eton College e em Trinity College, na Universidade de Cambridge. Depois de um começo abortivo e de uma carreira diplomática, viajou extensamente, em especial na Rússia. Maurice foi uma testemunha ocular da Guerra russo-japonesa para o jornal londrino Morning Post.

Com a explosão da Primeira Guerra Mundial, ele juntou-se a Royal Flying Corps, onde ele serviu como um assistente de Trenchard. Depois da guerra, Baring teve um período de sucesso como dramaturgo e começou a escrever romances. Nos últimos anos de sua vida, sofreu uma doença crônica.

Foi bastante conectado socialmente, com alguns dos Apóstolos de Cambridge, com O Coterie e com o grupo literário em torno de G. K. Chesterton e Hilaire Belloc, em particular. Em 1909, converteu-se à Igreja Católica Apostólica Romana. No começo da década de 1930, Baring começou a sofrer de Mal de Parkinson e, dez anos depois, foi forçado a partir de sua casa, em Rottingdean, para a Escócia, onde foi cuidado por amigos.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • With the Russians in Manchuria (1905)
  • The Glass Mender and Other Stories (1910)
  • Dear Animated Bust Letters to Lady Juliet Duff (1915-1918)
  • Flying Corps (1920)
  • Passing By (1921), romance.
  • The Puppet Show of Memory (1922), autobiografia.
  • C (1924), romance.
  • Cat's Cradle (1925), romance.
  • Half a Minute's Silence and Other Stories (1925)
  • Daphne Adeane (1926), romance.
  • The Coat Without Seam (1929), romance.
  • O trono e o altar - no original Robert Peckham (1930), romance histórico.
  • The Collected Poems of Maurice Baring, poesias.
  • Comfortless Memory, romance.
  • Darby and Joan, romance.
  • Have You Anything to Declare? - coleção de notas e citações.
  • In My End is My Beginning, romance e biografia sobre Maria Stuart.
  • The Lonely Lady of Dulwich, romance.
  • Lost Diaries and Dead Letters, coleção de sátiras.
  • Lost Lectures, leituras imaginárias.
  • Orpheus in Mayfair & Other Stories, contos.
  • Overlooked, contos.
  • Punch & Judy, coleção de ensaios e contos.
  • Tinker's Leave, romance.