Maurício de Sully

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Maurice de Sully)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Maurício de Sully
Nome nativo Maurice de Sully
Nascimento 1110
Sully-sur-Loire
Morte 11 de setembro de 1196 (86 anos)
Paris
Cidadania França
Ocupação padre católico
Religião cristianismo

Maurício de Sully (em francês Maurice de Sully) foi bispo de Paris desde 1160 até sua morte, em 1190.

Nascido em Sully-sur-Loire, perto de Orleães, no início do século XII, Maurício chegou a Paris em 1140 para estudar teologia. Em 1160 foi eleito bispo da cidade graças à influência de Luís VII de França, sucedendo assim ao eminente teólogo Pedro Lombardo.

Manteve boa relação com a monarquia francesa, sendo uma das pessoas encarregadas de guardar o testamento real quando o rei Luís VII participou da Segunda Cruzada em 1190 e batizando Filipe Augusto, herdeiro deste. Na disputa que envolveu Tomás Becket e o rei Henrique II de Inglaterra sobre os privilégios da Igreja, Sully tomou partido de Becket, como atestado por três cartas suas sobre o tema dirigidas ao Papa Alexandre III.

Maurício é lembrado como o construtor da Catedral de Notre-Dame de Paris, começada durante seu bispado em 1163 e em grande parte completada antes de sua morte. São-lhe atribuídos vários sermões em latim dirigidos aos clérigos, posteriormente traduzidos ao vernáculo e muito difundidos durante a Idade Média.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Enciclopedia of the Middle Ages Vol. 2. Vauchez A. (ed.). Routledge, 2000 [1]