Mausoléu de Qin Shihuang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pix.gif Mausoléu de Qin Shihuang *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Tomb of Emperor Qin Shi Huang.jpg
Mausoléu de Qin Shihuang
Critérios i, iii, iv, vi
Referência 441 en fr es
Região** Ásia e Pacífico
Histórico de inscrição
Inscrição 1987  (11.ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

O Mausoléu de Qin Shihuang (chinês simplificado: 秦始皇陵, pinyin: Qínshǐhuáng Líng) está localizado no Distrito de Lintong, Xi'an, na província de Shaanxi, na China. Este mausoléu foi construído ao longo de 38 anos, entre 246 e 208 aC, e situa-se debaixo de um grande monte piramidal de 76 metros de altura. O formato do mausoléu tem como modelo a capital Qin, Xianyang, dividido em cidades interiores e exteriores. O túmulo está localizado no sudoeste do centro da cidade. A principal sala é a câmara do túmulo e dos artefatos do sepultamento, que é o núcleo do complexo arquitetônico do mausoléu.

A tumba em si ainda não foi escavada. Explorações arqueológicas concentram-se atualmente em vários sítios arqueológicos extensos da necrópole que cercam o túmulo, como o do Exército de Terracota, a leste do túmulo..[1] O Exército de Terracota serviu como uma guarnição para o mausoléu e ainda não foi totalmente escavado.[2][3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Liu Yuhan (30 de abril de 2012). «New York City welcomes the Terracotta Warriors». China Daily. Consultado em 13 de julho de 2012 
  2. «Terra Cotta Warriors: Guardians of China's First Emperor» 
  3. Li Xianzhi (13 de outubro de 2009). «"Teenage warriors" discovered in China's terracotta army». Xinhua News Agency. Consultado em 13 de julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a China é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.