Max Dvořák

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Max Dvořák
Nascimento 24 de junho de 1874
Roudnice nad Labem
Morte 8 de fevereiro de 1921 (46 anos)
Znojmo, Hrušovany nad Jevišovkou
Cidadania Áustria
Etnia Checos
Ocupação historiador da arte, historiador, escritor, professor universitário
Empregador Universidade de Viena

Max Dvořák (4 de Junho de 1874, Roudnice nad Labem (Raudnitz) - 8 de Fevereiro de 1921, Hrušovany nad Jevišovkou (Grusbach) próximo a Znojmo) foi um historiador da Arte austríaco nascido tcheco. É considerado como membro da "Escola Vienense de História da Arte" (Wiener Schule der Kunstgeschichte).

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • Idealismus und Naturalismus in der gothischen Skulptur und Malerei (1918)
  • Das Rätsel der Kunst der Brüder van Eyck (1904)
  • Kunstgeschichte als Geistesgeschichte (1924)
  • Geschichte der italienischen Kunst im Zeitalter der Renaissance, 2 Vol. (1927-28)
  • Gesammelte Aufsätze (1929)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.