Mayra Aguiar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mayra Aguiar
Mayra Aguiar em 2016
Judô
Modalidade Meio-pesado (-78 kg)
Nascimento 3 de agosto de 1991 (25 anos)
Porto Alegre,  Brasil
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 78kg Altura: 1,78
Clube SOGIPA
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Rio 2016 –78 kg
Bronze Londres 2012 –78 kg
Campeonatos Mundiais
Prata Tóquio 2010 -78kg
Bronze Paris 2011 -78kg
Bronze Rio de Janeiro 2013 -78kg
Ouro Cheliabinsk 2014 -78kg
Jogos Pan-Americanos
Prata Rio 2007 -70 kg
Bronze Guadalajara 2011 -78 kg
Prata Toronto 2015 -78 kg

Mayra Aguiar da Silva (Porto Alegre, 3 de agosto de 1991) é uma judoca brasileira. Campeã mundial e medalhista olímpica de judô, a medalha de bronze conquistada nos Jogos Olímpicos Rio 2016 fez dela a primeira atleta brasileira a ganhar duas medalhas olímpicas em um esporte individual.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Atleta da SOGIPA de Porto Alegre, nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro 2007 obteve a medalha de prata na categoria de até 70 kg. Nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 disputou a categoria de – 70 kg, sendo derrotada já na primeira luta.

Em 2010 recebeu a medalha de prata na categoria até 78 kg no Campeonato Mundial de Judô de 2010 realizado em Tóquio[2] e foi eleita atleta da década pela Federação Gaúcha de Judô.[3] Já no ano de 2011 Mayra foi medalha de bronze no Mundial realizado na França.

No ano de 2012 ganhou o Grand Slam de Paris na categoria até 78 kg, superando a norte-americana Kayla Harrison na final.[4] A vitória colocou a atleta no primeiro lugar do ranking mundial da categoria até 78 kg.[5] Mayra também foi ouro no Pan-americano de Judô em sua primeira disputa como lider no ranking mundial.[6]

Em agosto, conquistou a medalha de bronze na Olimpíada de Londres 2012.[7]

Em 29 de agosto de 2014 tornou-se campeã mundial na categoria até 78kg, ao derrotar na final a francesa Audrey Tcheuméo por wazari, no Campeonato Mundial de 2014.[8]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2015 conquistou a medalha de prata, perdendo a final para Kayla Harrison, campeã olímpica em Londres 2012, a quem havia derrotado na semifinal do Mundial do ano anterior.[9] Ainda em 2015 conquistou a medalha de ouro no Campeonato Pan-Americano de Edmonton e a medalha de prata no Grand Prix de Abu Dhabi.[10]

Em fevereiro de 2016 conquistou a medalha de ouro do Grand Slam de Paris, tornando-se bicampeã deste torneio e derrotando por ippon na final a norte-americana Kayla Harrison, sua maior rival na categoria. Foi a segunda vez que venceu o Grand Slam francês derrotando Harrison.[11] Três meses depois, voltou a enfrentar Harrison na final do World Masters de Guadalajara, no México, e perdeu novamente para a norte-americana, por imobilização, ficando com a medalha de prata.[12]

Nos Jogos Olímpicos de 2016 conquistou a medalha de bronze ao vencer a cubana Yalennis Castillo.[13]

Marinha do Brasil[editar | editar código-fonte]

Assim como outros atletas olímpicos brasileiros que tem o apoio das Forças Armadas Brasileiras e fazem parte de algum de seus ramos militares, Mayra é terceiro-sargento da Marinha do Brasil, integrante do CEFAN (Centro de Educação Física Almirante Nunes).[14]

Referências

  1. espnw.espn.uol.com.br/ Com bronze no Rio, Mayra Aguiar se torna a primeira brasileira com duas medalhas olímpicas em esportes individuais.
  2. Mayra Aguiar conquista medalha inédita; Rafael Silva perde o bronze UOL Esporte
  3. Menção honrosa
  4. «Brasil fecha Grand Slam de judô em Paris com ouro e prata». Folha.com. 5 de fevereiro de 2012 
  5. «Após ganhar Grand Slam, judoca Mayra Aguiar vira líder do ranking mundial». UOL Esporte. 8 de fevereiro de 2012 
  6. «Em dia perfeito, Portela, Mayra e Renan são ouro no Pan-Americano». FGJ. 27 de abril de 2012 
  7. «Mayra Aguiar fatura o bronze olímpico em Londres». Federação Gaúcha de Judô 
  8. «Mayra Aguiar é campeã do mundo aos 23 anos e dá primeiro ouro ao Brasil na Rússia». ESPN. 29 de agosto de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  9. «Luciano Corrêa é bicampeão pan-americano. Mayra Aguiar fica com a prata». Consultado em 15 de julho de 2015 
  10. «Mayra Aguiar conquista a prata em Grand Slam de Judô». O Globo. 1º de novembro de 2015. Consultado em 2 de novembro  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. «Mayra Aguiar é ouro e Brasil termina Grand Slam com cinco medalhas». Folha de S Paulo. Consultado em 7 February 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  12. «Mayra perde 'tira-teima' para campeã olímpica e leva prata antes da Rio-16». UOL. Consultado em 30 May 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. «Judoca Mayra Aguiar vence cubana e ganha medalha de bronze». Agência Brasil. 11 de agosto de 2016 
  14. Judocas da Marinha são promovidos a terceiro sargento

Ligações externas[editar | editar código-fonte]