Medalha Corday–Morgan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Medalha Corday–Morgan (em inglês: Corday–Morgan Medal and Prize) é um prêmio anual concedido pela Royal Society of Chemistry desde 1949, para as mais meritórias contribuições à química experimental, incluindo simulação computacional. O número de prêmios foi aumentado para dois por ano em 1964 e para três por ano em 1967.

É denominado em memória do químico Gilbert Thomas Morgan, que ao morrer em 1940 deixou seu patrimônio para a criação de um fundo denominado com o nome de seus pais.

Laureados[1][editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Corday-Morgan Prize Previous Winners» (em inglês). Royal Society of Chemistry. Consultado em 24 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2017 
  2. «Corday-Morgan Prize 2014 Winner: Professor Molly Stevens, Imperial College London» (em inglês). Consultado em 14 de novembro de 2014 
  3. «Corday-Morgan Prize 2016 Winner: Professor Ian Fairlamb, University of York» (em inglês). Consultado em 14 de novembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]