Medalha Cothenius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Medalha Cothenius (em alemão: Cothenius Medaille) é um prêmio de ciências concedido desde 1792 pela Academia Leopoldina, pela obra da vida de um pesquisador. Homenageia Christian Andreas Cothenius, que fundou a medalha com sua herança (com os juros de 1000 Taler em ouro), pelo melhor trabalho sobre um tema da medicina. Desde 1954 a medalha é concedida a membros da Leopoldina. Consiste em um medalha de ouro, contendo o retrato de Cothenius e a inscrição Praemium virtutis salutem mortalium provehentibus sancitum (Em reconhecimento da capacidade daqueles que promovem o bem-estar dos mortais).

Condecorados[editar | editar código-fonte]

1792 a 1861[1][editar | editar código-fonte]



1864 a 1953[2][editar | editar código-fonte]



1959 a 2017[3][editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Winners of the Cothenius Medal 1792 to 1861» (em inglês). Deutsche Akademie der Naturforscher Leopoldina. Consultado em 6 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2016 
  2. a b «Winners of the Cothenius Medal 1864 to 1953» (em inglês). Deutsche Akademie der Naturforscher Leopoldina. Consultado em 6 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 26 de março de 2016 
  3. «Cothenius Medal» (em inglês). Deutsche Akademie der Naturforscher Leopoldina. Consultado em 6 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2017 
  4. Leopoldina zeichnet zwei Akademie-Mitglieder mit Cothenius-Medaillen für ihr wissenschaftliches Lebenswerk aus. (em alemão) Pressemitteilung, de 4 de setembro de 2013
  5. «Nationalakademie Leopoldina zeichnet exzellente Wissenschaftlerinnen und Wissenschaftler aus» (em alemão) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]