Mehregan (festival)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Mehregan (em idioma persa : مهرگان o Jasn-e Mehr جشن مهر Mitra Festival) é uma festa do zoroastrismo persa,[1][2] que é celebrada em homenagem ao yazata Mitra (Persa: Mehr), divindade que é responsável pela amizade, carinho e amor. Também é conhecido como o Festival do Outono Persa.[3][4]

Introdução[editar | editar código-fonte]

De acordo com The Wiley-Blackwell Companion to Zoroastrianism (2015), foi originalmente uma festa em homenagem ao deus persa Mitra. No quarto século a.C., foi observado como uma das festividades do dia do seu nome, uma forma que é preservada hoje. Em um Irão predominantemente muçulmano , é um dos dois festivais pré-islâmicos que continuam a ser celebrados pelo público em geral: Mehregan, dedicado a Mitra (o moderno Mehr) e Tirgan, dedicado a Tishtrya (o moderno Tir).

Os festivais com o nome do dia são festivais celebrados no dia do ano em que o nome do dia e o nome do mês são dedicados a um anjo ou virtude particular. O dia Mehr no mês Mehr que correspondeu ao dia em que os fazendeiros colhiam suas colheitas. Portanto, eles também comemoraram o fato de que Deus lhes havia dado alimentos para sobreviver aos próximos meses frios.

Independentemente do calendário observado, Mehregan ocorre no dia 196 do ano. Para os calendários que têm 21 de março como Nouruz ou Ano Novo (isto é, nas variantes Fasili e Bastani do calendário zoroastriano e no calendário civil iraniano), Mehregan ocorre em 2 de outubro.[5] Para a variante Shahanshahi do calendário zoroastriano, que em 2006-2007 tem o dia de Ano Novo em 20 de agosto, Mehregan caiu em 3 de março do ano gregoriano seguinte. Para a variante Kadmi, que tem um dia de ano novo 30 dias antes, Mehregan cai em 1 de fevereiro. Em março de 2015, iniciou-se o ano 1394 do calendário persa. É o calendário oficial no Irão e no Afeganistão .

«"No Irão, a maior festa do ano é Nouruz, o Dia de Ano Novo ... Começa sempre no primeiro dia de primavera, no momento exacto do equinócio. Isso significa que todos os anos a Nouruz começa em um momento diferente. Um ano pode começar em 21 de março às 5:32 da manha, enquanto o próximo ano pode ocorrer no dia 20 de março às 23:54. Todos os iranianos sabem o momento exacto em que o Jubileu começa."»

No livro de instruções de Al-Biruni sobre os elementos da arte da astrologia (233) do século XI, o astrónomo observou que "algumas pessoas deram preferência a Mehregan [na Nouruz, ou seja, o Dia de Ano Novo/Primavera] tanto quanto preferem o outono à primavera".[7] A associação de Mehregan com a polaridade da primavera/outono, a semeadura/colheita e o ciclo de nascimento/renascimento também não escaparam de al-Biruni, porque, como ele observou, "Mehregan é considerado um sinal da ressurreição e do fim do mundo, porque em Mehregan o que cresce atinge a perfeição".[7]

Referências

  1. Stausberg, Michael; Sohrab-Dinshaw Vevaina, Yuhan (2015). «The Iranian festivals: Nowruz and Mehregan». The Wiley-Blackwell Companion to Zoroastrianism. [S.l.]: John Wiley & Sons. pp. 494–495. ISBN 978-1118786277 
  2. «Archived copy» (PDF). Consultado em 6 de abril de 2010. Arquivado do original (PDF) em 11 de agosto de 2006 
  3. «Mehrgan, Persian Festival of Autumn, at Orange County Fair & Expo Center: 9-10 de septiembre de 2006». Payvand News. 21 de agosto de 2006. Consultado em 26 de outubro de 2017 
  4. «Persian-Dutch Community celebrated "MEHREGAN", Persian Festival of Autumn». Persian Dutch Network. 8 de setembro de 2011. Consultado em 26 de outubro de 2017 
  5. Calendario Persa o Iraní De Perú.com. Consultado el 26 de octubre de 2017.
  6. Firoozeh Dumas. Funny in Farsi, A Memoir of Growing Up Iranian in America («Recuerdos de haber crecido iraní en Estados Unidos»). Página 187. Villard Books, 2003
  7. a b Boyce, Mary (1983), «Iranian festivals», in: Yarshater, Ehsan, The Cambridge History of Iran, 3.2, Nueva York: Cambridge UP, p. 801