Meirinho (profissão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Meirinho era um oficial de justiça, durante a Idade Média portuguesa. Os meirinhos tinham como função executar prisões, citações, penhoras e mandados judiciais.

A designação "merinho-mor" aplicou-se a cada um dos magistrados que representava o Rei de Portugal e superintendia na justiça e administração local de uma comarca portuguesa. Como designação desta função, o termo "meirinho-mor" substituiu o de "tenente" e foi, mais tarde, substituído pelo de "corregedor".

O termo "meirinho-mor" foi também aplicado a um dos principais oficiais da Coroa de Portugal. O meirinho-mor era o magistrado encarregado de aplicar a justiça aos nobres e fiscalizar a aplicação da justiça nas terras senhoriais.

No Brasil do século XVI, os "capitães" eram os meirinhos; Leonardo Pataca, personagem do livro Memórias de um Sargento de Milícias, é um meirinho.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

SOBRAL, José J. X. Cargos e Dignidades da Casa Real Portuguesa. Audaces: 2008.