Melo (Gouveia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Melo 
  Freguesia portuguesa extinta  
Capela de Santa Marta
Capela de Santa Marta
Melo está localizado em: Portugal Continental
Melo
Localização de Melo em Portugal Continental
Coordenadas 40° 31' 10" N 7° 32' 01" O
Concelho primitivo Gouveia
Concelho (s) atual (is) Gouveia
Freguesia (s) atual (is) Melo e Nabais
Extinção 2013
Área
- Total 7,26 km²
População (2011)
- Total 498
    • Densidade 68,6 hab./km²
Orago Santo Isidoro

Melo foi uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Gouveia, na província da Beira Alta, região do Centro e sub-região da Serra da Estrela, com 7,26 km² de área e 498 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 68,6 hab/km².

Foi vila e sede de concelho, formado por uma freguesia, até ao início do século XIX. Incluia a paróquia de Nabainhos que lhe foi anexada em Dezembro de 1859[1] Tinha, em 1801, 672 habitantes.

Foi sede de uma freguesia extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Nabais, formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Melo e Nabais.[2]

Desta localidade é originário o escritor Vergílio Ferreira, que aí está sepultado.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Melo [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 201 1 302 1 309 1 466 1 440 1 227 1 275 1 457 1 500 1 274 637 714 668 673 498

Personalidades[editar | editar código-fonte]

  • Vergílio Ferreira, eminente escritor português, a 28 de Janeiro de 1916.
  • Joaquim Albuquerque Tenreiro, que haveria de destacar-se no Brasil como apreciado pintor, escultor e principalmente como desenhador e fabricante de móveis de estilo totalmente inédito.

Património[editar | editar código-fonte]

Roteiro Literário Virgiliano[editar | editar código-fonte]

Em Agosto de 2016 foi criado um percurso pedestre pela aldeia que dá a conhecer os pontos chave relacionados com a vida do escritor Vergílio Ferreira. Este roteiro passa em locais como o pelourinho, o antigo paço e a casa onde Vergílio Ferreira ficava quando estava na aldeia.
Foi inaugurado pelo presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa[8].

Referências

  1. «Paróquia de Melo». Arquivo Distrital da Guarda. Consultado em 1 de Março de 2014 
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. «Pelourinho de Melo». IGESPAR. Consultado em 5 de Março de 2014 
  5. «Capela de Santa Marta». IGESPAR. Consultado em 5 de Março de 2014 
  6. «Casa da Câmara». IGESPAR. Consultado em 5 de Março de 2014 
  7. «Paço de Melo». IGESPAR. Consultado em 5 de Março de 2014 
  8. https://www.noticiasaominuto.com/cultura/635989/marcelo-inaugura-roteiro-literario-virgiliano-em-gouveia
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Melo (Gouveia)

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.