Memorial do Corinthians

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Memorial do Corinthians
Entrada do Memorial
Inauguração 27 de janeiro de 2006 (11 anos)
Website http://www.corinthians.com.br/clube/sedesocial/memorial
Área 1 500 m²
Geografia
País  Brasil
Cidade São Paulo
Localidade Tatuapé

O Memorial do Corinthians, também conhecido como Memorial do Parque São Jorge, é uma homenagem ao time brasileiro de futebol Sport Club Corinthians Paulista, onde são representado os 104 anos de história do time. O memorial fica localizado na Sede do clube, no Parque São Jorge, na zona Leste de São Paulo e é aberto para visitação pública.[1]

É considerado uma atração turística da cidade, foi inaugurado no dia 27 de Janeiro de 2006. O Memorial ocupa uma área de aproximadamente 1.500 metros quadrados dentro do Parque São Jorge, que tem 158.170 metros quadrados.

O intuito do memorial é de ser um acervo de diversos objetos e também mostrar a trajetória do time, contendo importantes títulos, troféus, camisetas, chuteiras, fotos de jogadores e etc.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Inaugurado em 27 de janeiro de 2006, o Memorial com nome do padroeiro do time, tem sua sede social do time localizada no Parque São Jorge desde 1928. Em sua abertura, foi notada a presença de várias personalidades como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi convidado para inaugurar o Memorial, além de fazer um discurso, o deputado Nivaldo Santana, o presidente do Corinthians Alberto Dualib, o Governandor do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin, o prefeito de São Paulo José Serra, entre outros.[3][4]

Acervo[editar | editar código-fonte]

O museu conta com um vasto acervo, onde existem três ambientes e uma sala com diversos troféus e títulos, o primeiro ambiente é a reprodução de um vestiário, o segundo é um espaço que simula um estádio, e o terceiro é o maior espaço, que é subdivido em ambientes menores, como uma calçada da fama, um ambiente em homenagem ao título de paulista de 1977, um hall onde são expostas fotos em tamanho real dos jogadores marcantes do Corinthians, vídeos de momentos importantes para o time, os uniformes de anos anteriores e etc.[5]

Taça do Campeonato Mundial[editar | editar código-fonte]

Taça do Campeonato Mundial de Clubes FIFA 2012

No dia 16 de dezembro de 2012 o Corinthians jogou, na cidade de Yokohama no Japão, a final do Campeonato Mundial de Clubes. Após vencer de um a zero do Chelsea Football Club, o Corinthians consagrou-se campeão mundial de 2012 e não demorou muito para colocar a taça em exposição no Memorial, a taça da Copa do Mundo de Clubes FIFA de 2012 se encontra no museu aberta para exposição desde o dia 21/12/2012.[6][7]

Calçada da Fama[editar | editar código-fonte]

A calçada da fama do Timão conta com diversos jogadores que fizeram parte da história do time. Lá os homenageados deixam as marcas de seus pés e sua assinatura num bloco de concreto. Alguns dos jogadores que fazem parte da calçada da fama são o Chicão, o 42º homenageado que jogou pelo Corinthians de 2008 a 2013 e durante este tempo conquistou oito titulos junto ao time, entre esses a Taça Libertadores, o Mundial e a Recopa Sul-Americana, Zé maria, que jogou 599 partidas de 1970 a 1983, Basilio ou Pé de Anjo, que fez parte do time durante os anos de 1975 e 1987, Vaguinho que jogou 551 partidas entre 1971 e 1981 e marcou um total de 110 gols, Wladmir, que jogou o maior numero de jogos pelo time, um total de 805 jogos entre os anos de 1972 e 1985, Oswaldo Brandão que dirigiu o time entre os anos de 1954 e 1981 e foi técnico campeão do IV Centenário em 1954, Dentinho, que jogou 167 jogos pelo time e marcou o 10.000 gol do corinthians, Casagrande, jogando de 82 a 84, 85 a 87 e 1994, Rivellino, que jogou pelo corinthians desde 1965 até 1974, Tobias, ex-goleiro do time que jogou em 1976 e 1977 e até hoje joga pelo time de master do corinthians, Zenon que atuou em 304 jogos de 1981 a 1986, Ataliba atuando no alvinegro durante os anos de 1982 1984, Tupazinho no timão de 1990 a 1996 jogou 340 partidas e marcou no total 52 gols, Edu que participou do time de 1998 a 2000, entre outros como Neto e Ronaldo. [8][9][10][11][12][13][14][15][16][17][18][19][20][21]

Calçada da fama do Memorial do Corinthians

Troféu Libertadores[editar | editar código-fonte]

O Corinthians foi campeão invicto da Taça Libertadores da América em 2012.[2]

Taça do Paulistão 2007[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de maio de 2017, a taça do 28º Campeonato Paulista chegou ao Memorial do Corinthians. O jogo da decisão da taça reeditou a disputa do Paulistão do ano de 1977, onde o Timão jogou conta a ponte preta, onde o Corinthians também levou o título.[22]

Memorial Corinthians 1977

Troféu do Campeonato Paulista de 1977[editar | editar código-fonte]

É considerado um dos mais importantes troféus do time.[23]

Taça dos Invictos[editar | editar código-fonte]

Durante o campeonato paulista no ano de 2009, o Corinthians foi campeão invicto, e recebeu a taça em homenagem.[24]

Taça do Campeonato Brasileiro da Série-B[editar | editar código-fonte]

Conquistada no ano de 2008.[25]

Mundial de Clubes FIFA[editar | editar código-fonte]

Taça de Campeão Mundial do Corinthians, ano de 2000

O Corinthians foi o primeiro campeão mundial de Clubes FIFA, no ano de 2000 com jogadores memoráveis como Vampeta, Rincón e Dida.[26][27]

Troféu Campeão dos Campeões[editar | editar código-fonte]

Foi conquistado pelo time em 1930.[28]

Homenagem pelo centenário[editar | editar código-fonte]

A CBF homenageou o Clube pelos 100 anos de história.[29]

Bolas lendárias[editar | editar código-fonte]

A primeira bola do time custou 6 mil réis, e o dinheiro foi arrecadado pelos moradores do bairro do Bom Retiro, local onde o time foi criado. A segunda bola foi doada por Neco, jogador marcante do time.[28]

Taça Unione Viaggiatori Italiani[editar | editar código-fonte]

Foi a primeira taça que o Corinthians conquistou.[1]

Taça do Campeonato Paulista de 1914[editar | editar código-fonte]

Foi o segundo título que o time conquistou.[30]

Osso jogado por torcedores palmeirenses[editar | editar código-fonte]

Após o Palestra ganhar dois jogos contra o Corinthians no ano de 1917, no ano seguinte na véspera de jogo entre os adversários, torcedores do Palestra jogaram um osso de galinha no restaurante onde o Corinthians almoçava, com a seguinte frase " O Corinthians é canja para o Palestra". E esse osso encontra-se no Memorial.

[2]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Memorial no Metrô[editar | editar código-fonte]

Aberto para o público dia 29 de outubro de 2012, o Memorial do Corinthians se encontra na estação Corinthians-Itaquera, perto do estádio de futebol do time, a Arena Corinthians. Lá se encontram réplicas dos troféus do Memorial do Parque São Jorge, camisetas oficiais do time desde o modelo de 1910 até os atuais, uma sala para assistir os jogos mais importantes do time, réplica em tamanho real de alguns jogadores como o Sócrates e Rivellino , ums estrutura com fotos da conquista do mundial de 2012 e também um painel com informações historias e fatos sobre o time, chamado "Você Sabia?".[31][32]

Doação de sangue[editar | editar código-fonte]

A campanha Sangue Corintiano, em sua 21ª edição teve como um dos pontos de doação de sangue o Memorial do Parque São Jorge, onde 250 torcedores de todos os inscritos na campanha foram sorteados para doar dentro do Memorial. Os torcedores que não estavam entre os 250 sorteados para doar dentro do Memorial doaram seu sangue no Posto de Coleta da Fundação Pró-Sangue no Hospital das Clínicas, em São Paulo e também em diversos hemocentros espalhados por todo o país. [33]

Homenagem a Sócrates[editar | editar código-fonte]

O Memorial recebeu durante um período de 3 meses em 2015, como uma homenagem ao ex jogador do Corinthians Sócrates, uma estátua com as dimensões reais do jogador, confeccionada em chapa metálica em alumínio, ferro e arame de alumínio pelo escultor Laércio Alves.[34]

Loja[editar | editar código-fonte]

Na saída do memorial se encontra a maior loja da rede do corinthians, Poderoso Timão, com um total de 400 metros quadrados. Nela 11 manequins representando os jogadores do time estão espalhados pela loja, que vende os produtos oficiais do time para seus fãs.[35]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Osso que jogadores do palmeiras jogaram no restaurante que o Corinthians almoçava.
Toténs de jogadores marcantes em tamanho real
Bolas lendárias do Corinthians
Bandeira de invasão ao estádio do Maracanã
Hino do corinthians
Primeiro troféu profissional feito com a Deusa da Vitória.
Troféus corinthians

Referências

  1. Rostey, Gabriel, Baptista, Marcelo (Dezembro de 2012). «ROTEIRO TEMÁTICO / tour temático: Futebol Fútbol» (PDF). São Paulo Turismo S/A. Consultado em 31 de maio de 2017 
  2. a b c «Memorial do Corinthians | Museus | SP360° | A maior viagem virtual pela cidade». www.sp360.com.br. Consultado em 31 de maio de 2017 
  3. «Parlamentar prestigia inauguração do Memorial do Corinthians». 31 de janeiro de 2006 
  4. «Fotos - Futebol - Inauguração do Memorial do Corinthians - 27.Jan.2006 - Gazeta Press». gazetapress.com. Consultado em 31 de maio de 2017 
  5. Sampaio, Leandro. «Memorial do Corinthians». www.cidadedesaopaulo.com. Consultado em 31 de maio de 2017 
  6. «Corinthians x Chelsea - Mundial de Clubes 2012 | globoesporte.com». globoesporte.com 
  7. «Taça do Mundial está exposta em Memorial do Corinthians». globoesporte.com 
  8. «Chicão na Calçada da Fama do Corinthians – Edmar Ferreira». Consultado em 14 de junho de 2017 
  9. «Os heróis de 1977 imortalizados na calçada da fama corintiana». Especial sobre Centenário do Corinthians 
  10. «Chicão vai estar na Calçada da Fama do Corinthians». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  11. «Dentinho - ex-jogador do Corinthians». Meu Timão. Consultado em 14 de junho de 2017 
  12. «Dentinho coloca pés na calçada da fama do Corinthians». Terra 
  13. «Casagrande - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  14. «Casagrande lançará livro e entrará para Calçada da Fama do Corinthians». Terra 
  15. «Na Calçada da Fama, Corinthians homenageia campeões de 90 - A Tribuna». www.atribuna.com.br. Consultado em 14 de junho de 2017 
  16. «Rivellino - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  17. «Ataliba - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  18. «Tobias - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  19. «Zenon - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  20. «Tupãzinho - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  21. «Edu Gaspar - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 14 de junho de 2017 
  22. redacao (16 de maio de 2017). «Taça do Paulistão 2017 chega ao Memorial Corinthians - SP Jornal». SP Jornal 
  23. «Corinthians 100 anos: o Paulista de 1977, fim do maior sofrimento». Terra 
  24. «Com vitória, Corinthians tira Taça dos Invictos do São Paulo». Terra 
  25. «Todo Poderoso Timão - Títulos - Campeão Brasileiro de 2008 - Série B». www.todopoderosotimao.com. Consultado em 14 de junho de 2017 
  26. «Taça do Mundial está exposta em Memorial do Corinthians». globoesporte.com 
  27. «Escalação corinthians mundial 2000 - Corinthians no Mundial de Clubes 2012 - Fórum do Corinthians». Corinthians - timaodecoracao.com.br. Consultado em 14 de junho de 2017 
  28. a b «Memorial do Corinthians: a história do campeão dos campeões | Viagem e Turismo». Viagem e Turismo. 31 de janeiro de 2013 
  29. «Com entrada franca e presença de ídolos, Corinthians celebra os 100 anos do Dérbi no PSJ». www.meutimao.com.br. Consultado em 14 de junho de 2017 
  30. Unzelte, Celso (8 de agosto de 2013). TIMÃO: 100 anos, 100 jogos, 100 ídolos. [S.l.]: Gutenberg. ISBN 9788582350843 
  31. «Memorial do Corinthians com entrada grátis é inaugurado no metrô | Da Redação | VEJA SÃO PAULO». VEJA SÃO PAULO. 29 de outubro de 2013 
  32. «Memorial do Corinthians é reinaugurado com a presença de jogadores». www.dci.com.br. Consultado em 13 de junho de 2017 
  33. Lancenet (29 de abril de 2017). «Corinthians faz campanha de doação de sangue antes da final contra Ponte». Gazeta Online 
  34. «Memorial do Corinthians recebe estátua em homenagem a Sócrates». Terra 
  35. Ferreira, Santos, William Jorge (14 de dezembro de 2015). «Franquias em campo: uma leitura geográfica da mercantilização do futebol»