Menchu Gutiérrez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Menchu Gutiérrez
Nascimento 1957 (63 anos)
Madrid, Flag of Spain.svg Espanha
Género literário Romance, poesia
Movimento literário Pós-modernismo

Menchu Gutiérrez (Madridd, 1957) é uma escritora espanhola.

É, também, tradutora de, entre outros autores, William Faulkner, Anne Brontë ou Edgar Allan Poe.

Menchu Gutiérrez é uma escritora muito pessoal, recusando qualquer das exigências que dificultam a criatividade literária actual e que tem criado um mundo próprio de referências fechadas.

Os seus romances, de argumentos muito vigorosos – às vezes quase abstractos - vêem-se sustentados por uma linguagem em que importa mais a sugestão que a pura narração.

Por outra parte, aparecem já desde seu primeiro relato, Basenji, uma série de elementos que se revelam como essenciais no universo literário desta autora:

  1. a existência como um caminho de busca interior;
  2. a morte (não em vão, a própria escritora tem afirmado: começo a escrever quando, pela primeira vez, experimento a realidade da morte e quando vivo com a memória do sonho; escrevo porque existe a morte e porque existe o sonho) entendida como experiência individual encaminhada ao cumprimento da extrema consciência;
  3. a rejeição a toda ordem que não corresponda ao que vertera a verdade interior de seus protagonistas e
  4. a criação de um espaço físico que é tradução simbólica da identidade das personagens que o habitam.

Obras[editar | editar código-fonte]

Poemas

  • El grillo, la luz y la novia (1981),
  • De barro la memoria (1987),
  • La mordedura blanca - (Prémio de Poesia Ricardo Molina, 1989)
  • La mano muerta cuenta el dinero de la vida (1997).

Foi incluída nas antologias Las diosas blancas e Litoral Femenino.

Romances

  • Basenji (1994),
  • Viaje de estudios (Siruela, 1995),
  • A Tábua das Marés - no original La tabla de las mareas (Siruela, 1998),
  • La mujer ensimismada (Siruela, 2001),
  • Latente (Siruela, 2003),
  • Disección de una tormenta (2005),
  • Detrás de la boca (2008).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Links externos[editar | editar código-fonte]

Site Oficial Menchu Gutiérrez