Mendés (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Ba Djedet" em hieroglifos é
E10V30R11R11X1
O49
Mendés

Mendés ou Banebdjedete era um deus do antigo Egito com um centro de culto em Mendés. É retratado como um homem com quatro cabeças de carneiro. Como os deuses egípcios não têm realmente um gênero, também poderia ter um aspecto com quatro cabeças de ovelhas. As palavras para "carneiro" e "alma" soavam da mesma forma em egípcio, de modo que as divindades de carneiro eram às vezes vistas como aparições de outros deuses.

O nome Banebdjedete significa " O Ba, senhor de Djedete" , uma alusão ao Ba de Osíris, que a divindade representava na cidade de Mendés (Djedete), antigo nome egípcio da localidade que hoje em dia é conhecida como Tell el - Ruba. No período helenístico a cidade adotou o nome de Mendes. Daí que vem o outro nome de Banebdjedete: "carneiro senhor de Mendés".

A partir do Império Novo, o Deus Mendés passou a ser representado com quatro cabeças de carneiro, uma para cada Ba divino que ele encarnava: o ba de , de Shu , de Geb e de Osíris. O Deus não tinha nenhum atributo próprio, a não ser estes dois facões que por vezes, carregava . É possível que eles tenham relação com o ritual de abertura da boca , que servia para libertar o ba do corpo humano.

"O bode de Mendes" foi ligado por alguns estudiosos esotéricos a Bafomete (o "falso deus" que os Templários foram acusados ​​de adorar) e transformado em um estereótipo satânico por outros. O único pequeno problema com isto é que Mendés não era um bode, mas um carneiro, e ele não era considerado mau ou mesmo agressivo.

Ligação externa[editar | editar código-fonte]

  • Mistérios dos Deuses Egípcios. Editora Salvat , fascículo 80. Acervo pessoal. [S.l.: s.n.]