Meninas da Noite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Meninas da Noite é um livro do jornalista brasileiro Gilberto Dimenstein.

O livro é o resultado de uma série de reportagens feitas entre entre 1985 e 1995, sobre a prostituição infantil, e que foram publicadas no jornal Folha de S. Paulo em 1992.

Fala de meninas consideradas escravas da região Norte e Nordeste do Brasil. Foi um trabalho amplo, que durou um ano entre planejamento, investigação e publicação das matérias. Dimenstein viajou durante seis meses pelo Norte e Nordeste do Brasil, procurando lugares onde meninas eram escravizadas sexualmente ou quase mantidas em cativeiro.