Meningite tuberculosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tuberculous meningitis
Autópsia revelando focos de tuberculose nas meninges da base de um cérebro
Especialidade neurologia
Classificação e recursos externos
CID-10 A17.0, G01
CID-9 013.0, 322.9
eMedicine neuro/385
MeSH D014390
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Meningite tuberculosa (MTB) é uma infecção das membranas que envolvem o sistema nervoso central pelo bacilo Mycobacterium tuberculosis. Ocorrem em 1% dos cerca de 10 milhões de casos sintomáticos de tuberculose do mundo por ano, e é a variedade mais letal de tuberculose, com mortalidade de no mínimo 30% com tratamento óptimo.[1]

Causa[editar | editar código-fonte]

Mycobacterium tuberculosis entram no hospedeiro por inalação de gotículas e crescem dentro dos pulmões, eventualmente disseminação para os gânglios linfáticos locais. Se o sistema linfático está debilitado passam para o sangue e espalham para todo o corpo, formando focos (focos de Rich) nas meninges que crescem, se rompem e se espalham causando comprometimento do sistema nervoso das áreas próximas ao foco. [2]

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Os sintomas começam gradualmente, se acumulam com os sintomas de outras tuberculoses e duram de semanas a meses e incluem [3]:

  • Febre e calafrios
  • Confusão mental
  • Náuseas e vômitos
  • Sensibilidade à luz (fotofobia)
  • Forte dor de cabeça
  • Estado de consciência alterado
  • Torcicolo (meningismo)

Tratamento[editar | editar código-fonte]

O tratamento começa com isoniazida, rifampicina, pirazinamida e etambutol durante dois meses, e continua com isoniazida e rifampicina por mais dez meses. Corticosteroides podem ajudar a reduzir o risco de problemas neurológico e morte. [4]

Referências

  1. LASSO B, Martín. Meningitis tuberculosa: claves para su diagnóstico y propuestas terapéuticas. Rev. chil. infectol., Santiago , v. 28, n. 3, jun. 2011 . Disponible en <http://www.scielo.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0716-10182011000300007&lng=es&nrm=iso>. accedido en 05 feb. 2015. http://dx.doi.org/10.4067/S0716-10182011000300007.
  2. http://emedicine.medscape.com/article/1166190-overview
  3. http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/spanish/ency/article/000650.htm
  4. Prasad, K; Singh, MB (Jan 23, 2008). "Corticosteroids for managing tuberculous meningitis.". The Cochrane database of systematic reviews (1): CD002244. doi:10.1002/14651858.CD002244.pub3. PMID 18254003.