O Menino Maluquinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde agosto de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Menino Maluquinho
Tira dominical/revista em quadrinhos
Comic image missing-pt.png
Desenho do menino maluquinho pelo autor, Ziraldo (Curiosidade: A pose do menino maluquinho é semelhante a pose clássica de Napoleão Bonaparte)
País de origem Brasil
Língua de origem Português
Primeira edição 1980
Primeira publicação 1980
Género(s) Infantil
Humor
Autor Ziraldo
Local da acção Brasil
Época da acção atual
Editor nacional Livro:Editora Melhoramentos
Revista em quadrinhos: Editora Abril, Editora Globo
ISBN 9788506055106
Numero de páginas 112
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

O Menino Maluquinho é um livro infanto-juvenil brasileiro de 1980 criado pelo desenhista e cartunista mineiro de Caratinga conhecido por Ziraldo Alves Pinto

Apresenta as histórias e invenções de uma criança alegre e sapeca, "maluquinha". São cartuns e atividades que descrevem liricamente o sabor da infância.

O livro se tornou um sucesso, tendo vendido até dezembro de 2005 mais de dois milhões e meio de exemplares, sendo conhecido por inúmeras crianças, servindo de inspiração para uma peça teatral, filmes, histórias em quadrinhos, ópera[1] , uma série de TV e um desenho animado de mesmo nome. Também é utilizado por algumas escolas no incentivo à leitura.

Filmes[editar | editar código-fonte]

Menino Maluquinho - O Filme[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Menino Maluquinho - O Filme

O filme O Menino Maluquinho, de 1995, é um filme estrelado por Samuel Costa no papel-título, Patrícia Pillar, Roberto Bomtempo, Othon Bastos e Luiz Carlos Arutin, sendo produzido por Tarcísio Vidigal e dirigido por Helvécio Ratton. A canção-tema foi composta e interpretada por Milton Nascimento. Participações de: Bocão, Nina, Lúcio, Junim, Shirley Valéria, Julieta, Carol, Tonico entre outros.

Muito dos trechos do filme foram filmados na rua Congonhas,[2] no bairro Santo Antônio, em volta de uma casa que é a residência do menino maluquinho durante o filme.[3] Essa casa hoje funciona como uma loja de vestimentas (a Garimpo).

Menino Maluquinho 2 - A Aventura[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Menino Maluquinho 2 - A Aventura

Esta continuação, produzida em 1997, conta novamente com Samuel Costa como o menino maluquinho. Também no elenco Stênio Garcia, Fernanda Guimarães e Antônio Pedro. O filme foi produzido por Tarcísio Vidigal e dirigido por Fernando Meirelles. Meirelles se tornaria mais conhecido posteriormente pelo filme Cidade de Deus.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Seriado[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Um Menino muito Maluquinho

Em 2005 foi produzida uma série para TV na TVE Brasil, posteriormente em posse da TV Brasil. Teve produção por Cao Hamburger e Anna Muylaert com roteiros de Anna Muylaert. A direção da série foi de Cesar Rodrigues. Sua estreia ocorreu em 2006 tendo se tornado um sucesso na época passando a ser exibida pela TV Cultura e Disney Channel no mesmo ano. Durou apenas uma temporada de 26 episódios de meia hora.

Desenhos animados[editar | editar código-fonte]

Em 2014 foram anunciadas a produção de duas séries em desenho animado baseadas no Menino Maluquinho, como parte da parceria de Ziraldo com a empresa Oca Filmes. A primeira série é baseada nos quadrinhos contando com animação tradicional em 2D, enquanto que a segunda é baseada nos livros pré-escolares "Bebê Maluquinho" em animação computadorizada.[4] Acredita-se que ambas as séries poderão ser transmitidas pela TV Brasil até 2017.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Maluquinho, o protagonista. Um menino de 10 anos de panela na cabeça que adora fazer maluquices.
  • Julieta (Juju) a namorada de Maluquinho. Ela é tida como sua versão feminina a "Menina Maluquinha".
  • Bocão, o melhor amigo de Maluquinho. É gordo, guloso, e não muito esperto.
  • Junim, outro amigo do Maluquinho baixinho e nervoso.
  • Carolina (Carol), a melhor amiga da Julieta. É vegetariana e se preocupa com a natureza.
  • Herman, outro amigo do Maluquinho. Eles o chamam de "Alemão" por conta de sua ascendência teutônica. Nos quadrinhos, frequentemente aparecia como antagonista.
  • Nina, a irmã menor de Bocão,tem 5 anos
  • Seu Carlos "Carlinhos", o pai do Maluquinho.
  • Dona Natália "Naná", a mãe do Maluquinho.
  • Lúcio, amigo do Maluquinho afro-descendente.
  • Sugiro, amigo do Maluquinho descendente asiático.
  • Shirley, considerada a patricinha da turma, parece querer competir com Julieta e Carol.

Música[editar | editar código-fonte]

A Festa do Menino Maluquinho
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 1996
Gênero(s) Pop
Duração 46:13
Gravadora(s) Polygram

A Festa do Menino Maluquinho foi uma trilha sonora lançada pela Polygram em 1996 com músicas inspiradas no filme, sendo interpretadas por diversos artistas.[5]

Faixas
N.º Título Interprete Duração
1. "A Festa do Menino Maluquinho"   Patricia Marx e Antonio Alves Pinto 3:36
2. "Reggae do Assovio"   Herbert Vianna 3:18
3. "Panela de Pressão"   Paulo Ricardo 3:41
4. "O Pum do Bocão"   Meirinha 3:59
5. "Melô da Separação"   Samuel Costa e Antonio Alves Pinto 4:36
6. "Voa Vovô"   Sandy & Junior 3:28
7. "Shirley Valeria"   Patricia Marx 3:11
8. "Rap do Lucio"   MC Marcinho e DJ Wallace 3:33
9. "Julietta"   Edmon 3:50
10. "A Valsa do Tempo"   Samuel Costa e Paula Morelembaum 4:04
11. "Muleque Maluco"   Guilherme Arantes 4:43
12. "Macaquinhos do Sótão" (Instrumental) Antonio Alves Pinto 4:43
13. "O Menino Maluquinho"   Milton Nascimento e Rita Lee 4:43

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.