Mercedes-Benz O-371

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página sobre transportes não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mercedes-Benz O-371
100 5904.JPG
Visão Geral
Produção 19871993
Fabricante Mercedes-Benz
Ficha técnica
Motor Traseiro de 285 cv ou 320 PS
Dimensões
Comprimento 13,2 m
Tanque 13.000
Cronologia
Mercedes-Benz O-370
Mercedes-Benz O-400

Mercedes-Benz O-371 foi construído no Brasil pela Mercedes-Benz da década de 1980 até a década de 1990. Era uma substituição para o chassi Mercedes-Benz O-303 na América do Sul e foi amplamente usado na América do Sul. O chassi também foi produzido para ser usado por encarroçadoras brasileiras como Marcopolo e Busscar).

Versões rodoviárias[editar | editar código-fonte]

O O-371 teve 4 versões rodoviárias: R, RS, RSD e RSL. Uma parte desses ônibus, a Mercedes o construía por completo (plataforma + carroceria), sendo que a outra apenas a plataforma, deixando este para ser encarroçado por empresas terceiras (como Marcopolo,comil e Busscar).

Versões urbanas[editar | editar código-fonte]

O O-371 teve 3 versões urbanas: U, UL e UP. Assim como nas versões rodoviárias, uma parte desses ônibus a Mercedes o construía por completo (plataforma + carroceria), sendo que a outra apenas a plataforma, deixando este para ser encarroçado por empresas terceiras (como Marcopolo e Busscar).

Ícone de esboço Este artigo sobre ônibus é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.