Mergulhia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Esquema de uma mergulhia.

Mergulhia é o tipo de multiplicação vegetativa que consiste em dobrar um ramo da planta-mãe até o enterrar no solo. A parte enterrada ganha raízes e, quando está enraizada, pode separar-se da planta-mãe, obtendo-se assim uma planta independente. Especificamente, a mergulhia consiste em fazer um corte parcial em um ramo, dobrá-lo, prendê-lo ao solo com um grampo de metal e cobri-lo de terra. O contato da região do corte com o solo estimula o enraizamento. Quando este já é suficiente para manter a nova planta, o ramo é cortado da planta-mãe. Uma variação deste método é a alporquia, que consiste em fazer um corte parcial no ramo e envolver a região cortada com terra úmida, que é mantida no local por um pedaço de tecido ou plástico amarrado no ramo. Também neste caso, o corte e o contato com a terra úmida induzem o enraizamento, enquanto o ramo continua a receber nutrientes minerais da planta-mãe através da parte intacta do caule.

A mergulhia é o melhor tipo de multiplicação artificial vegetativa.

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.