Meronímia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Meronímia (do grego μέρος meros, "parte" and ὄνομα onoma, "nome"), em Linguística, é uma relação lexical (ou uma relação semântica) entre duas palavras, onde uma, o merônimo, significa algo que é parte do significado de outra, que significa um todo, o holónimo[1].

A relação inversa da Meronímia é a Holonímia.

A meronímia se refere a relações todo-parte, e não relações de subconjunto. Então um galho é uma merônimo de árvore, mas carvalho não. A relação entre subconjuntos é a hiponímia.

Por exemplo, braço, perna e cabeça são merônimos de corpo, pois são partes do corpo.

Referências

  1. NASCIMENTO, Zacarias Santos; et al. (2011). Domínios — Gramática da Língua Portuguesa 2 ed. Lisboa: Plátano Editora. 399 páginas. ISBN 978-972-770-850-5 
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.