Meropenem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Meropenem
Alerta sobre risco à saúde
Meropenem.svg
Meropenem-from-xtal-1992-3D-balls.png
Nome IUPAC 3-[5-(dimethylcarbamoyl) pyrrolidin-2-yl] sulfanyl-6- (1-hydroxyethyl)-4-methyl-7-oxo- 1-azabicyclo[3.2.0] hept-2-ene-2-carboxylic acid
Identificadores
Número CAS 119478-56-7
PubChem 441130
DrugBank APRD01097
ChemSpider 389924
Código ATC J01DH02
SMILES
Propriedades
Fórmula química C17H25N3O5S
Massa molar 383.44 g mol-1
Farmacologia
Biodisponibilidade 100% [carece de fontes?]
Via(s) de administração IV [3]
Meia-vida biológica 1 hora [1]
Ligação plasmática Aproximadamente 2%. [carece de fontes?]
Excreção Renal [2]
Classificação legal


POM (UK) -only (US)

Riscos na gravidez
e lactação
B (EUA)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Meropenem é um fármaco antibiótico beta-lactâmico da subclasse carbapenêmicos. Seu espectro de ação é similar ao imipenem, melhor atuando sobre gram negativos e anaeróbios.[4]

Indicações terapêuticas[editar | editar código-fonte]

É utilizado no tratamento de infeções graves como meningite, infecção intra-abdominal, pneumonia, sepse e antraz. É administrado por via endovenosa (injeção na veia).

Farmacologia[editar | editar código-fonte]

Meropenem é bactericida, exceto contra Listeria monocytogenes, para a qual é bacteriostático. Inibe a síntese da parede celular bacteriana como outros antibióticos β-lactâmicos. Diferentemente de outros beta-lactâmicos, é altamente resistente à degradação por β-lactamases ou cefalosporinases. Tem uma vantagem importante em relação ao imipenem pois é estável à desidropeptidase-1, portanto, pode ser administrado sem cilastatina.

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Inibe a síntese da parede celular bacteriana como outros antibióticos β-lactâmicos. Ao contrário da maioria dos antibióticos beta-lactâmicos, é altamente resistente à degradação por β-lactamases ou cefalosporinases.

Efeitos colaterais[editar | editar código-fonte]

Os efeitos colaterais comuns podem incluir náusea, diarreia, constipação, cefaleia, erupção cutânea e anemia.[5]

Interações medicamentosas[editar | editar código-fonte]

Meropenem diminui as concentrações séricas de ácido valpróico. Evitar ou usar fármaco alternativo devido ao risco de convulsão.[6]

Contra-indicações[editar | editar código-fonte]

É contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade ao meropeném. Pacientes com história de hipersensibilidade a antibióticos carbapenêmicos, penicilinas ou outros antibióticos beta-lactâmicos também podem ser hipersensíveis ao meropeném. Como ocorre com todos os antibióticos beta-lactâmicos, raras reações de hipersensibilidade (reações graves e ocasionalmente fatais) foram relatadas.

Notas e referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. [3]
  4. Antibióticos e quimioterápicos
  5. «Meropenem Uses, Side Effects & Warnings». Drugs.com (em inglês). Consultado em 31 de janeiro de 2021 
  6. «Merrem IV (meropenem) dosing, indications, interactions, adverse effects, and more». reference.medscape.com. Consultado em 31 de janeiro de 2021