Mesossoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mesossoma pode ser considerado um organito celular.

Certos grupos de células procarióticas apresentam estruturas membranares designadas mesossomas que são dobras ou invaginações da membrana citoplasmática e que nunca dela se libertam. A função destes pode estar relacionada com a divisão celular ou com a produção de energia.

Alguns autores prestigiados de biologia não consideram os mesossomas como um organito, o que é inteiramente verdade, visto que estes são apenas e só dobras da membrana plasmática. Nem sempre é considerada uma função para estas invaginações, apesar de alguns autores considerarem as funções referidas acima. Alguns autores defendem que o mesossoma é um artefacto resultande das técnicas de fixação para observação em microscopia electrônica, não sendo organelo/organito das bacterias.[1] [2] Realizam o papel das mitocôndrias.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ryter A (1988). «Contribution of new cryomethods to a better knowledge of bacterial anatomy». Ann. Inst. Pasteur Microbiol. [S.l.: s.n.] 139 (1): 33–44. PMID 3289587. 
  2. Friedrich, CL; D Moyles, TJ Beveridge, REW Hancock (2000). «Antibacterial Action of Structurally Diverse Cationic Peptides on Gram-Positive Bacteria». Antiomicrobial Agents and Chemotherapy [S.l.: s.n.] 44 (8): 2086–2092. doi:10.1128/AAC.44.8.2086-2092.2000. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.