Mesossoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mesossomo)
Ir para: navegação, pesquisa

O mesossoma (português europeu) ou mesossomo (português brasileiro) é uma invaginação da membrana plasmática para dentro do citoplasma; está presente em alguns tipos de bactéria.

Figura que ilustra a formação do mesossomo por meio do processo de preparação químico para microscopia, onde se nota que onde é realizado o processo de preparação criogênico a estrutura não é formada.

Quando examinadas ao microscópio eletrônico, as membranas plasmáticas bacterianas frequentemente parecem conter uma ou mais invaginações grandes e irregulares denominadas mesossomos.

Muitas funções foram propostas para os mesossomas. Entretanto, agora se sabe que eles são artefatos, e não estruturas celulares verdadeiras. Acredita-se que os mesossomos sejam dobras na membrana plasmática que se desenvolvem devido ao processo usado para preparar amostras para microscopia eletrônica.[1] A estrutura é descrita por George Chapman e James Hillier da seguinte forma: "Mesossomas formam-se em células bacterianas preparadas por fixação química para microscopia eletrônica, mas não por crio-fixação. Mesossomas são invaginações na membrana plasmática de bactérias que são produzidos pelas técnicas de fixação química usadas ​​para preparar amostras para microscopia eletrónica."[2]

Nem sempre é considerada uma função para estas invaginações, apesar de alguns autores considerarem as funções referidas acima. Alguns autores defendem que o mesossoma é um artefacto resultande das técnicas de fixação para observação em microscopia electrônica, não sendo organelo/organito das bacterias.[3][4]

Referências

  1. TORTORA; FUNKE; CASE, GERARD J.; BERDELL R.; CHRISTINE L. (2012). MICROBIOLOGIA. Porto Alegre: Artmed. 119 páginas 
  2. CHAPMAN; HILLIER, 1953. "A microscopia eletrônica de ultra-finos de bactérias da divisão celular em Bacillus cereus I."
  3. Ryter A (1988). «Contribution of new cryomethods to a better knowledge of bacterial anatomy». Ann. Inst. Pasteur Microbiol. 139 (1): 33–44. PMID 3289587 
  4. Friedrich, CL; D Moyles, TJ Beveridge, REW Hancock (2000). «Antibacterial Action of Structurally Diverse Cationic Peptides on Gram-Positive Bacteria». Antiomicrobial Agents and Chemotherapy. 44 (8): 2086–2092. doi:10.1128/AAC.44.8.2086-2092.2000 
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia celular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.