Operação Mesquita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mesquita no Controle)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Operação Mesquita
Informação geral
Formato Programa de variedades
Duração 60 minutos
Estado Em produção
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Apresentador(es) Otávio Mesquita
Empresa(s) de produção
  • Mesquita Mídia e Marketing
  • Marc Filmes
Exibição
Emissora de televisão original SBT
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 4 de março de 2017 (2017-03-04) – presente
Cronologia
Okay Pessoal!!!

Operação Mesquita é um programa de televisão semanal brasileiro exibido originalmente pelo SBT desde o dia 4 de março de 2017. O programa conta com a apresentação de Otávio Mesquita, antes apresentador do Okay Pessoal!, transmitido no mesmo horário. Em março de 2018 o programa alcançou o primeiro lugar de audiência. No mesmo horário a emissora concorrente exibia o Lollapalooza.[1]

Antecedentes e produção[editar | editar código-fonte]

O apresentador Otávio Mesquita deixou a Band no final de 2013, lugar onde onde apresentou os programas A Noite É uma Criança e Claquete nos finais de noite.[2][3] No ano seguinte, o apresentador assinou um novo contrato com o SBT, empresa na qual já trabalhou durante a década de 1990, para passar a apresentar o Okay Pessoal!!!, também exibido nos finais de noite.[4][5][6] O novo programa de Mesquita estreou em 28 de abril de 2014 e ajudou o SBT a recuperar a vice-liderança na média de 24 horas no ranking do Kantar IBOPE Media.[7][8]

Em 2016, o SBT deixou de exibir o Okay Pessoal!!! junto com as séries que eram transmitidas durante a madrugada.[9][10] O cancelamento do Okay Pessoal!!! deve-se ao apresentador querer se focar em seu novo projeto de programa na emissora, inicialmente chamado de Mesquita no Controle.[11][12][13] No lugar desses programas, o SBT inicialmente os substituiu com reprises do Jornal do SBT, que conseguiram marcar bons resultados na audiência, fazendo com que fosse criado um novo telejornal para o horário, chamado de SBT Notícias.[14][15]

O programa tinha previsão de estreia entre os meses de outubro e novembro do mesmo ano e contava inicialmente com coprodução das empresas Mesquita Mídia e Marketing e Ovo em Pé.[16][17] A data de estreia foi mudada para o ano seguinte devido a uma visão estratégica de que ela não deveria ser feita num final de ano.[18] O projeto do programa passou a se chamar Operação Mesquita quando o SBT anunciou as mudanças que pretendia colocar no ar em 2017.[19]

Formato[editar | editar código-fonte]

No formato inicial, o programa se passava em um talk truck (em alusão aos food trucks), um caminhão no qual o seu apresentador, Otávio Mesquita, recebia convidados para uma conversa nos arreadores da cidade de São Paulo como cenário.[20] Durante a conversa, Otávio Mesquita mostrava curiosidades dos locais que visitava durante a gravação.[20] Esta parte do programa fez parte do quadro Operação Carona.[21][22] Mesquita também pilotava uma moto, veículo no qual busca seus convidados em suas residências para um passeio no quadro Operação Rolê.[21][23] Diferentemente do programas anteriores de Otávio Mesquita, que eram ao menos em parte gravados em estúdio, o Operação Mesquita era gravado apenas em externas.[24][25]

Exibição[editar | editar código-fonte]

O Operação Mesquita estreou no dia 4 de março de 2017, no início do horário nobre, e foi exibido semanalmente na grade de programação do SBT aos sábados, após o Programa Raul Gil.[20] Em 29 de março, um pedido de Otávio Mesquita acatado pela direção do SBT faz com que a atração fosse exibida nas nas madrugadas de domingo para segunda, depois do Conexão Repórter.[26] Em julho de 2017, o programa passa a ser veiculado nas madrugadas de sexta para sábado e sábado para domingo.[27]

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

O apresentador Raul Gil, colega de emissora de Otávio Mesquita, acusou que ele queria lhe "puxar o tapete", já que ele seria dispensado do casting do SBT nos meses seguintes e Mesquita estrearia um novo programa aos sábados, mesmo dia em que Raul Gil apresenta seu programa na emissora, numa entrevista ao Pânico na Band.[28][29][30] Posteriormente, Otávio Mesquita negou que tinha tido essa intenção e que o seu programa não iria ocupar o espaço de Raul Gil na grade de programação do SBT.[31][32] A SBT ainda anunciou que o apresentador do Domingo Legal, Celso Portiolli, mudaria para o horário que era ocupado pelo programa de Raul Gil com uma nova atração.[33][34]

As ações envolvendo a mudança de horário de Portiolli e a dispensa de Raul Gil devem-se pelas alterações que a RecordTV faria em sua grade de programação no mesmo dia, colocando o programa apresentado por Xuxa Meneghel para competir no mesmo horário que o de Raul Gil, seguido pelo Programa da Sabrina, além de duas novelas entre o Jornal da Record.[35][36] A Record cancelou as mudanças por seus apresentadores se recusarem a mudar de horário.[37] Tal cancelamento nesses planos da Record também se deu nos do que o SBT pretendia implementar na grade, que se limitou a estrear apenas o Operação Mesquita e o Fábrica de Casamentos.[38]

Referências

  1. Fabrício Falcheti (26 de março de 2018). «"Operação Mesquita" lidera audiência contra festival "Lollapalooza"». Na Telinha. Consultado em 30 de março de 2018 
  2. Gisele Alquas (27 de novembro de 2013). «Otávio Mesquita nega mal-estar em sua saída da Band e pode ir para o SBT». UOL. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  3. «Apresentador Otávio Mesquita deixa a Band após 13 anos». Notícias da TV. UOL. 29 de novembro de 2013. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  4. «Otávio Mesquita volta ao SBT depois de 21 anos». Veja. 12 de fevereiro de 2014. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  5. Amanda Serra (18 de fevereiro de 2014). «Na volta ao SBT, Otávio Mesquita desdenha da Band e da RedeTV!». UOL. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  6. «De volta ao SBT, Otávio Mesquita comenta saída da Band: "fui um gênio"». Pânico. Jovem Pan FM. 9 de maio de 2014. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  7. Renato Kramer (29 de abril de 2014). «Otávio Mesquita mantém DNA 'sem noção' em sua estreia no 'Okay Pessoal'». F5. Folha de S.Paulo. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  8. Daniel Castro (24 de dezembro de 2014). «SBT ultrapassa Record e recupera vice-liderança; TV paga dispara». Notícias da TV. UOL. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  9. Thiago Forato (13 de setembro de 2016). «SBT cancela "Okay Pessoal" para Otávio Mesquita se dedicar a novo programa». NaTelinha. UOL. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  10. Daniel Castro (13 de setembro de 2016). «SBT corta séries da madrugada e exibe o mesmo jornal 6 vezes em 4 horas». Notícias da TV. UOL. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  11. Flávio Ricco; José Carlos Nery (13 de setembro de 2016). «Otávio Mesquita deixa madrugadas do SBT para se dedicar a programa semanal». Coluna do Flávio Ricco. UOL. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  12. «Otávio Mesquita troca madrugadas por programa aos sábados no SBT». Veja. 13 de setembro de 2016. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  13. «SBT tira programa Okay Pessoal do ar». Meio&Mensagem. 13 de setembro de 2016. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  14. Leandro Sarubo (14 de setembro de 2016). «Reprise do "Jornal do SBT" dá mais audiência que a exibição inédita». Teleguiado. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  15. Fabrício Falcheti (20 de setembro de 2016). «Com revezamento de âncoras, "SBT Notícias" estreia na vice-liderança». NaTelinha. UOL. Consultado em 26 de fevereiro de 2017 
  16. Sandro Nascimento (19 de setembro de 2016). «Novo programa de Otávio Mesquita pode ser fixo na grade do SBT». NaTelinha. UOL. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  17. Gabriel Perline (19 de setembro de 2016). «Otávio Mesquita troca as madrugadas pelas noites de sábado do SBT». E+. O Estado de S. Paulo. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  18. Sandro Nascimento (2 de novembro de 2016). «Adiado para 2017, novo programa de Otávio Mesquita ganha logotipo; confira». NaTelinha. UOL. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  19. Fernando Oliveira (2 de dezembro de 2016). «Nova programação do SBT é adiada para março de 2017». F5. Folha de S.Paulo. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  20. a b c Gabriel Vaquer (21 de fevereiro de 2017). «SBT lança "Fábrica de Casamentos" e "Operação Mesquita" em coletiva». NaTelinha. UOL. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  21. a b Karine Manchine (22 de fevereiro de 2017). «SBT quer contar histórias». Diário do Grande ABC. Consultado em 27 de janeiro de 2017 
  22. Nathália Carvalho (21 de fevereiro de 2017). «Novo entrevistador da TV, Otávio Mesquita troca as madrugadas pelas noites de sábado». Comunique-se. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  23. «SBT turbina os sábados com "Fábrica de Casamentos" e "Operação Mesquita"». RD1. 22 de fevereiro de 2017. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  24. Meire Kusumoto (29 de novembro de 2016). «Otávio Mesquita oferece programa aos sábados para o SBT». Veja. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  25. Flávio Ricco; José Carlos Nery (21 de janeiro de 2017). «Otavio Mesquita vai pra rua em novo programa do SBT». Coluna do Flávio Ricco. UOL. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  26. Flávio Ricco. «Otávio Mesquita troca o sábado pelo domingo no SBT» 
  27. Fabricio Falchetti (5 de julho de 2017). «"Operação Mesquita" ganha novos dias de exibição no SBT». Na Telinha. Consultado em 6 de julho de 2017 
  28. Flávio Ricco; José Carlos Nery (25 de novembro de 2016). «Raul Gil acusa Otávio Mesquita de puxar seu tapete no SBT». Coluna do Flávio Ricco. UOL. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  29. Pânico entrevista Raul Gil: Puxaram meu tapete. Pânico na Band. Band. 28 de novembro de 2016. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  30. «Raul Gil alfineta Otávio Mesquita e apresentador nega mais uma vez ter puxado o tapete do veterano». Extra. 28 de novembro de 2016. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  31. «Está ficando chato, diz Otávio Mesquita sobre climão com Raul Gil». Veja. 28 de novembro de 2016. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 
  32. «Otávio Mesquita nega ser motivo da saída de Raul Gil do SBT». Uai. 28 de novembro de 2016. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  33. Daniel Castro (17 de novembro de 2016). «Silvio Santos escala Celso Portiolli para substituir Raul Gil em 2017». Notícias da TV. UOL. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  34. «Silvio Santos escolhe substituto de Raul Gil no SBT». Yahoo Vida e Estilo. Yahoo!. 18 de novembro de 2016. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  35. Daniel Castro (5 de outubro de 2016). «Record terá 'Supersábado' com Xuxa e Sabrina Sato à tarde e novelas». Notícias da TV. UOL. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  36. Ricardo Feltrin (11 de outubro de 2016). «Exclusivo: Veja como deve ficar a grade de programação da Record em 2017». UOL. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  37. Fernando Oliveira (27 de novembro de 2017). «Record desiste de mudar programa de Xuxa para as tardes de sábado». F5. Folha de S.Paulo. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 
  38. Daniel Castro (27 de janeiro de 2017). «Silvio Santos volta atrás e decide renovar contrato com Raul Gil». Notícias da TV. UOL. Consultado em 28 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikinotícias Categoria no Wikinotícias
Wikidata Base de dados no Wikidata