Master of Business Administration

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Master of Business Administration (MBA) é um grau acadêmico de pós-graduação destinado a administradores e executores as áreas de gestão de empresas e gestão de projetos mas que atrai também pessoas de várias outras disciplinas académicas. Apesar da tradução literal do MBA ser "Mestrado em Administração de Empresas", e dele ser reconhecido como tal em diversos países desenvolvidos, no Brasil e em Portugal ele passou a ser enquadrado como "especialização", ou seja, uma pós-graduação lato sensu. Isso figura inteiramente justificado tendo em vista o caráter essencialmente vinculado à pesquisa da pós-graduação stricto sensu: o MBA visa a preparar profissionais, que exercerão sua profissão de maneira prática, enquanto a pós-graduação stricto sensu visa a formar acadêmicos. Quem obtém o MBA, portanto, não recebe o título de Mestre. Quem deu entrada no reconhecimento anterior ao enquadramento garantiu o reconhecimento de sua titulação no Brasil.

Essa classificação deve-se ao fato de que ao contrário de um curso de Especialização o MBA tem seu foco determinado pela abordagem da prática gerencial de um tipo qualquer de negócio, como por exemplo, Segurança da Informação ou Propaganda e Marketing ou Finanças. Desta forma o MBA visa transmitir ao aluno uma visão abrangente do ambiente dos negócios em torno de um determinado nicho de mercado. Assim sendo, os cursos de MBA esperam transmitir ao aluno:

  • Pensamento estratégico;
  • Capacidade de gerenciar pessoas e processos;
  • Capacidade de utilizar eficazmente ferramentas e técnicas de suporte a tomada de decisão e solução de problemas;
  • Capacidade de atuar como agente de mudança dentro da organização;
  • Habilidade para relacionar-se com todas as áreas da organização;
  • Confiança para atuar em diversas áreas.

Pós-graduação Lato Sensu[editar | editar código-fonte]

A Resolução CNE/CES Nº 1, DE 3 DE ABRIL DE 2001, define a diferença entre as duas modalidades de pós-graduação no Brasil. É no artigo sexto da resolução acima que é definido:

Art. 6º Os cursos de pós-graduação lato sensu oferecidos por instituições de ensino superior ou por instituições especialmente credenciadas para atuarem nesse nível educacional independem de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento e devem atender ao disposto nesta Resolução.
§ 1º Incluem-se na categoria de curso de pós-graduação lato sensu os cursos designados como MBA (Master Business Administration) ou equivalentes.

Lato e Stricto Sensu[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Art. 6º Os cursos de pós-graduação lato sensu oferecidos por instituições de ensino superior ou por instituições especialmente credenciadas para atuarem nesse nível educacional independem de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento e devem atender ao disposto nesta Resolução.
§ 1º Incluem-se na categoria de curso de pós-graduação lato sensu os cursos designados como MBA (Master Business Administration) ou equivalentes.

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Não é clara a distinção entre o MBA e o Mestrado. Normalmente, encara-se o Mestrado como um curso mais teórico e o MBA como um curso mais prático. O Tratado de Bolonha define claramente que “o ensino deve passar de uma transmissão de conhecimentos para um desenvolvimento de competências”. Esta determinação diz respeito tanto aos MBAs como aos Mestrados e mesmo às Licenciaturas. O papel do Professor deve ser mais o de um Tutor, que coordena trabalhos, do que de um Professor tradicional, preocupado em “dar matéria”. Além disso, o Mestrado pode englobar um Trabalho de Projeto, em vez de uma Dissertação Científica, o que atesta bem a vontade de o transformar num curso aplicado.

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.