Mestre Odilon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Odilon Costa mais conhecido como Mestre Odilon e um importante diretor de bateria do carnaval carioca, que é considerado por muitos um dos maiores dessa função.

História[editar | editar código-fonte]

Odilon esteve a frente da bateria da União da Ilha no período entre 1991 e 1993. Foi diretor de bateria do Salgueiro, onde teve uma rápida passagem até ser convidado pra ser diretor de bateria da Beija-Flor, por onde ficou período de 1993 a 1996, no carnaval 1998, foi convidado para ser diretor de bateria da Grande Rio, onde esteve atualmente, tendo conquistado o prêmio Estandarte de Ouro do jornal O Globo, nos anos de 1999 e 2005. apos três anos fora, longe do comando da bateria, Odilon votará como membro da Superdireção de Bateria, criada na Mocidade[1]. a mesma que o sondou anos anteriores. após sua saída da Grande Rio. mas ficou seis meses apenas, devido a algumas divergências com alguns diretores da escola[2].

Para 2013, Odilon retorna a União da Ilha, como membro da Comissão de Bateria idealizada pela escola, na função de consultor e cordenador dessa comissão[3], na qual teria também os Mestres Riquinho e Paulão. mas devido uma discussão entre um diretor auxiliar de Mestre Riquinho com um dos seus, largou a função de consultor e coordenador, dentro da própia comissão. mas voltou atrás e retornou ao comando da bateria da Ilha. saindo depois do carnaval, recentemente Odilon foi nomeado padrinho da nova escola de samba, que estreia no ano de 2014, a Império Rubro-Negro[4].

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Redação Carnavalesco (6 de junho de 2011). «Mocidade terá Superdireção de Bateria». Consultado em 7 de junho de 2011. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  2. Carnavalesco. «Exclusivo: Mestre Odilon revela para o site CARNAVALESCO que está fora da Mocidade». Consultado em 12 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  3. SambaNews (4 de março de 2012). «Ilha terá trio de notáveis à frente de bateria». Consultado em 5 de março de 2012 [ligação inativa]
  4. Carnavalesco (9 de agosto de 2013). «Mestre Odilon Costa é padrinho da escola Império Rubro-Negro». 17:07. Consultado em 9 de agosto de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.