Metal de transição interna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2017). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Metais de transição interna ou elementos de transição interna são os elementos de transição que apresentam um orbital f incompleto e pertencem ao bloco f da tabela periódica.

Estão situados nos períodos 6 e 7 do grupo 3 (3 B). A denominação metal de transição interna provém do fato de serem elementos cuja diferenciação na configuração eletrônica ocorre num nível interno,ou seja, no antepenúltimo nível de energia (4f ou 5f). Aparecem separados do corpo principal da tabela periódica

Os elementos de transição interna são subdividos em duas séries:

Série dos lantanídios: Metais de transição interna de números atômicos 58 a 71

Série dos actinídios: Metais de transição interna de números atômicos 90 a 103

Série Período Grupo (3)
Lantanídeos 6 57
La*
Actinídeos 7 89
Ac**
* 58
Ce
59
Pr
60
Nd
61
Pm
62
Sm
63
Eu
64
Gd
65
Tb
66
Dy
67
Ho
68
Er
69
Tm
70
Yb
71
Lu
** 90
Th
91
Pa
92
U
93
Np
94
Pu
95
Am
96
Cm
97
Bk
98
Cf
99
Es
100
Fm
101
Md
102
No
103
Lr

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.