Metilamina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Metilamina
Alerta sobre risco à saúde
Methylamine-2D.png Methylamine-3D-balls.png
Methylamine-3D-vdW.png
Nome IUPAC Aminometano
Identificadores
Número CAS 74-89-5
Número RTECS PF6300000
SMILES
Propriedades
Fórmula química CH5N
Massa molar 31.06 g mol-1
Acidez (pKa) 10.64 (value for protonated amine, pKaH)
Basicidade (pKb) 3.36
Riscos associados
MSDS From EMD Chemicals [1]
Principais riscos
associados
Corrosive liquid and gas,
inhalation hazard, flammable.
NFPA 704
NFPA 704.svg
4
3
0
 
Frases R 11-36/37 (40% solution in water)
Ponto de fulgor 8 °C
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions Metanol
Metilfosfina
Aminas relacionados Dimetilamina
Trimetilamina
Etilamina
Metil hidrazina
Compostos relacionados Amônia
Metano
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Metilamina é um composto orgânico com fórmula molecular CH3NH2. É um gás incolor derivado da amônia, que consiste na substituição de um hidrogênio por um grupo metil. É a mais simples amina primária. É vendida em uma solução de metanol, etanol, tetraidrofurano (THF), e água, ou como gás anidro em contêineres de metal. Industrialmente, a metilamina é vendida na forma anidra em tanques. Possui um forte odor similar ao de peixe. A metilamina é usada como reagente essencial para a síntese de muitos outros compostos. Mais de 1 milhão de toneladas são produzidas anualmente. Composto essencial para a produção de metanfetamina, como visto no seriado "Breaking Bad".

Produção Industrial[editar | editar código-fonte]

Metilamina é preparada comercialmente pela reação de amônia com metanol catalisada pela presença de um aluminossilicato. Dimetilamina e Trimetilamina são co-produtos dessa reação. A cinética da reação e a razão de reagentes determina a razão entre os três produtos (Metilamina, Dimetilamina e Trimetilamina).

CH3OH + NH3 → CH3NH2 + H2O

Usando esse processo, aproximadamente 100 mil toneladas de Metilamina foram produzidas em 2005.

Reação de Clorometano e Cloreto de amônia.[editar | editar código-fonte]

Coloca-se 50,5 gramas de Clorometano para reagir com 53,5 gramas de Cloreto de amônio 99% em reação fechada a -30 graus Celsius, a reação termina quando a solução ter cristalizado bastante, logo coloca-se 106 gramas de Carbonato de sódio e mexa-se a solução por alguns minutos e em direto destila-se a solução a 0 graus Celsius ou em temperatura ambiente.

Produção da Metilamina.png

Reação de Amônia e clorometano[editar | editar código-fonte]

Em reação com 50,5 gramas de Clorometano para reagir com 17 gramas de Amônia a -30 graus Celsius em recipiente fechado, a reação irá ter terminado quando a solução cristalizar totalmente, logo depois coloca-se 106 gramas de Carbonato de sódio e mexa-se a solução por alguns minutos e em direto destila-se a solução a 0 graus Celsius ou em temperatura ambiente.

Produção de Metilamina 2.png

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um composto orgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.