Província Autônoma de Kosovo e Metohija

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Metohija)
Ir para: navegação, pesquisa
Autonomna Pokrajina Kosovo i Metohija
Аутономна Покрајина Косово и Метохиja

Provincia Autônoma de Kosovo e Metóquia

Região autônoma da República Federal da Sérvia

Flag of SFR Yugoslavia.svg
1992 – 1999 Flag of the United Nations.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Kosovo
Continente Europa
Capital Pristina
Governo Não especificado
História
 • 1992 Formação da República Federal da Sérvia
 • 10 de junho de 1999 Missão das Nações Unidas
 • 17 de fevereiro de 2008 independência de facto
 • 1999 Dissolução

Província Autônoma de Kosovo e Metohija (ou Cossovo[1] [2] [3] (ou Cosovo) e Metóquia[1] [2] [4] [5] [6] ) é o nome oficial, na legislação interna da República da Sérvia, do território do Kosovo, embora este tenha se declarado independente da Sérvia em 2008. Hoje, pouco mais de 50% dos países do mundo, inclusive Portugal, reconhecem o Kosovo como um país, e portanto referem-se a ele sob o nome de "República do Kosovo"; por outro lado, a outra quase metade dos países do mundo, inclusive o Brasil, recusa-se a reconhecer a independência unilateral proclamada pelos cossovares sem negociação com a Sérvia, considerando a região, ainda, portanto, uma província autônoma da Sérvia.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1990 a Província Socialista Autónoma do Kosovo, uma província autônoma da Sérvia dentro da Iugoslávia, havia sido submetida a Revolução Antiburocrática do governo de Slobodan Milosevic, que resultou na redução de seus poderes, efetivamente retornando ao seu estatuto constitucional de 1971-1974. No mesmo ano, a sua maioria albanesa – bem como a República da Albânia – apoiaram a proclamação de uma República de Kosova independente. Após o fim da Guerra do Kosovo em 1999, e como resultado da intervenção da OTAN, [7] [8] a Sérvia e o governo federal deixaram de exercer o controle de facto sobre o território.

Em fevereiro de 2008, a República do Kosovo declarou a independência. [9] [10] Embora a Sérvia não tenha reconhecido formalmente a independência do Kosovo, o acordo de Bruxelas de 2013 aboliu todas as suas instituições na província autônoma. A independência do Kosovo é reconhecida por 108 países membros da ONU. [7] [11] Em 2013, o governo sérvio anunciou que estava dissolvendo as assembleias que a minoria sérvia havia criado no norte do Kosovo, a fim de permitir a integração da minoria sérvia do Kosovo para a população em geral do Kosovo[12] .


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Grande Enciclopédia Delta Larousse (Rio de Janeiro, 1970): Cossovo-Metóquia: forma aportuguesada de Kosovo-Metohija, território da Iugoslávia.
  2. a b Malkine, Vladimir. Em busca da paz. [S.l.]: Livraria Editora Cátedra, 1982-01-01.
  3. Dicionário Aurélio, verbete cossovar
  4. "Serbios Unidos | Archive | Kosovo e Metohija". serbiosunidos.com. Consult. 2015-09-20. 
  5. "Quem se beneficiará com a divisão do Kosovo?". br.sputniknews.com. Consult. 2015-09-20. 
  6. "Ataque da Otan contra Iugoslávia: Força sobrepõe-se ao direito - Portal Vermelho". www.vermelho.org.br. Consult. 2015-09-20. 
  7. a b "NATO – Topic: NATO's role in Kosovo". Nato.int. 31 August 2012. 
  8. Steven Beardsley. "Kosovo aims to form military force and join NATO – News". Stripes. 
  9. "Kosovo’s declaration of independence did not violate international law – UN court". UN News Centre. 22 July 2010. 
  10. "ICJ,International Court of Justice:Declaration of independence of Kosovo from Serbia is not a violation of international law". Bbc newsamerica.com. 
  11. Steven Beardsley. "Kosovo aims to form military force and join NATO – News". Stripes. 
  12. Serbia Pulls Plug on North Kosovo Assemblies