Metrite equina contagiosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Hemophilus (Taylorella) equigenitalis, o agente etiológico de metrite eqüina contagiosa, é contagiosa, é um cocobacilo gram-negativo sem motilidade.

A metrite contagiosa eqüina foi originalmente identificada na área de Newmarket, Inglaterra, em 1977 e subseqüentemente descrita no Kentucky, Estados Unidos, é transmitida principalmente no coito, pode permanecer nos órgãos genitais indefinidamente, se alojam principalmente nas fossas clitorianas e fossetas uretrais, o organismo causa uma endometrite necrosante purulenta intensa, com descamação do endométrio. Cultura é o único método de diagnóstico definitivo. Nos garanhões não é observada lesões.