Metro de Tbilisi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Metrô de Tbilisi
Isani metro station.jpg
Informações
Local Tbilisi
Tipo de transporte Metropolitano
Número de linhas 2
Número de estações 22
Dados técnicos
Extensão do sistema 26,4

O metro de Tbilisi é o sistema de metropolitano que opera na cidade de Tbilisi, na Geórgia. Foi inaugurado em 1966, sendo a quarta rede de metro a aparecer na URSS. À semelhança da maioria dos sistemas de metropolitano ex-soviéticos, as estações são muito profundas e ricamente ornamentadas. O metro de Tbilisi tem actualmente duas linhas, 22 estações (das quais 20 são subterrâneas) numa extensão total de 26,4 km.

História[editar | editar código-fonte]

Tbilisi, a capital da Geórgia, foi sempre encarada como a quarta cidade mais importante da URSS. Era principalmente pela sua posição política (capital da República Socialista Soviética da Geórgia), mas também por ser a terra natal de muitos políticos soviéticos importantes, nomeadamente Estaline. O crescimento rápido da cidade ditou a necessidade de construir um sistema de metropolitano para servir as muitas pessoas que habitavam o local.

A construção do metro de Tbilisi começou em 1952, e foi inaugurado a 11 de Janeiro de 1966. Foi o quarto sistema de metropolitano a ser construído na URSS, depois do metro de Moscovo, metro de São Petersburgo e metro de Kiev. O primeiro troço tinha seis estações. Nos anos 90, a maior parte dos nomes das estações, que perduravam desde a era soviética, foram mudados. Desde então o metro tem vindo a perder qualidade; a segurança é fraca e o financiamento é escasso. Contudo, desde 2004, esses parâmetros foram muito melhorados, e o metro voltou a funcionar com normalidade.

Rede[editar | editar código-fonte]

Linha Cor Trajecto Inauguração Número de estações
Linha Gldani-Varketili Vermelho Akhmetelis TeatriVarketili 1966 16
Linha Saburtalo Verde SaburtaloVazha-Pshavela 1979 6
Diagrama do metro de Tbilisi.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]