Mexicanos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Mexicana redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Mexicana (desambiguação).
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Mexicanos
Juana Inés de la CruzMiguel HidalgoBenito JuárezFrancisco I. Madero
Emiliano ZapataPancho VillaFrida KahloCantinflas
Mária FélixCarlos SlimCarlos Santana 2.jpgGuillermo del Toro
Salma HayekMarco Antonio SolísLorena OchoaJavier Hernández
Mexicanos célebres:
Juana Inés de la Cruz · Miguel Hidalgo · Benito Juárez · Francisco I. Madero · Emiliano Zapata · Pancho Villa · Frida Kahlo · Cantinflas · Maria Félix · Carlos Slim · Carlos Santana · Guillermo del Toro · Salma Hayek · Marco Antonio Solís · Lorena Ochoa · Javier Hernández ·
População total

Mundo: ±120 000 000
 México 111 211 789

Regiões com população significativa
 Estados Unidos 31 689 879 a [1]
 Canadá ~36 225 - 50 000 b [2]
 Espanha ~14 399 - 16 000 c [3]
 Guatemala ~11 481 - 14 000 [4]
 Bolívia ~9 377 - 10 000 [5]
 Alemanha ~8 848 - 12 000 [6]
 Argentina ~6 750 - 8 000 [7]
 Reino Unido ~5 125 - 6 000 d [8]
 França ~4 601 - 6 000 [9]
 Brasil [carece de fontes?] 6 600
 Israel 4 252 [10]
 Itália 3 485 [11]
 Venezuela ~3 075 - 4 000 [12]
 Belize 2 349 [13]
Costa Rica 2 327 [14]
 Panamá 2 299 [15]
Línguas
espanhol (variante mexicana), inglês e 62 grupos linguísticos indígenas de línguas ameríndias.[carece de fontes?]
Religiões
Maioria de católicos romanos

Mexicanos (em espanhol: pueblo mexicano [(coletivo)]; mexicanos [(indivíduos)]) é um termo que se refere a todos os indivíduos naturais do México, um país multiétnico situado na América do Norte, ou que se identificam com a identidade cultural e nacional daquele país.

O México se tornou uma nação em 1821, quando conquistou independência do Império Espanhol, dando início ao processo de forja da identidade nacional mexicana, que fundiu os traços culturais das suas origens pré-colombianas com os que foram trazidos pelos europeus, principalmente de origem ibérica. Esta miscigenação levou ao que foi descrito como "uma forma peculiar de nacionalismo multiétnico".[16]

A língua mais falada pelos mexicanos é o espanhol mexicano, embora muitos também falem os idiomas dos diferentes grupos linguísticos indígenas e outros que foram trazidos ao país pela imigração recente. A maior parte dos mexicanos vive no próprio México, porém existe uma grande comunidade que vive no exterior, especialmente nos Estados Unidos, Canadá e Espanha.

Referências

  1. «B03001. HISPANIC OR LATINO ORIGIN BY SPECIFIC ORIGIN». Factfinder.census.gov. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  2. «statcan.ca; Mexicanos en Canadá Censo de 2001». 2.statcan.ca. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  3. «Mexicanos en España INE 2007». Ine.es. 28 de maio de 2001. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  4. «Investigación de la Migración Internacional en Latinoamérica (IMILA)». Eclac.cl. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  5. Bolivia - Censo de Población y Vivienda 2001
  6. «Statische Bundesamt Deutschland». Consultado em 28 de outubro de 2010 
  7. «Argentina - Población extrenjera residente en Argentina de 2000-2008». Pagina12.com.ar. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  8. «ime.gob.mx; Mexicanos en Reino Unido». Ime.gob.mx. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  9. «INED France- INED». Consultado em 28 de outubro de 2010 
  10. «PERIOD OF IMMIGRATION, COUNTRY OF BIRTH AND LAST COUNTRY OF RESIDENCE IN ISRAEL 2008» (PDF). .cbs.gov.il. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  11. «Istat». Demo.istat.it. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  12. «INE». INE. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  13. «2000 Housing and Population Census». Celade.cepal.org. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  14. «Colombia - Sistema de Consulta Información Censal (Censo 2005)». Consultado em 28 de outubro de 2010 [ligação inativa] 
  15. Servicios de Impacto USA (22 de abril de 2010). «DEMOGRAFIA: Los hispanos de origen Mexicano por todo el mundo». Impactousa.com. Consultado em 28 de outubro de 2010 
  16. Wimmer, Andreas, 2002. Nationalist exclusion and ethnic conflict: shadows of modernity, Cambridge University Press page 115
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Mexican people».

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bartolomé, Miguel Alberto. (1996) "Pluralismo cultural y redefinicion del estado en México". in Coloquio sobre derechos indígenas, Oaxaca, IOC.
  • Friedlander, Judith. 1975. Being Indian in Hueyapan: A Study of Forced Identity in Contemporary Mexico. Nova York: Saint Martin's Press.
  • Gómez M., et al. Historia de México: Texto de Consulta Para Educación Media Superior. México: Limusa, 2006.
  • Knight, Alan. 1990. "Racism, Revolution and indigenismo: Mexico 1910-1940". Chapter 4 in The Idea of Race in Latin America, 1870 - 1940. Richard Graham (ed.) pp. 71–113.
  • Moot Rodriguez, Modern History of Mexico, Universidade de Chan, México, 2002.
  • Wade, Peter. 1997. Race and Ethnicity in Latin America. Pluto Press.