Mi segunda madre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mi segunda madre
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Abel Santacruz
Eric Vonn
País de origem México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Miguel Córcega
Produtor(es) Juan Osorio
Elenco ver
Tema de abertura "Sola", por María Sorté
Exibição
Emissora de televisão original El Canal de las Estrellas
Transmissão original 16 de janeiro13 de outubro de 1989
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 190
Cronologia
Nuevo amanecer
Un rostro en mi pasado
Programas relacionados Por siempre mi amor

Mi segunda madre (Lit. Minha segunda mãe ) é uma telenovela mexicana produzida por Juan Osorio para a Televisa e exibida pelo El Canal de las Estrellas entre 16 de janeiro e 13 de outubro de 1989.

Foi protagonizada por María Sorté, Enrique Novi e Daniela Castro e antagonizada por Fernando Ciangherotti e Alejandra Maldonado.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Daniela Lorente é uma excelente desenhadora, dona de uma prestigiosa casa de modas. Ela está casada com Alberto, um mau homem que a engana e lhe rouba dinheiro. Um bom dia Daniela descobre a Alberto e tem que chamar à polícia para que o encerrem. Alberto ao ser denunciado por sua esposa é sentenciado a longos anos de encerro no cárcere jurando-lhe vingança a Daniela por tê-lo traído.

Por outro lado, Juan Antonio é um importante homem de negócios que acaba de sofrer a morte de sua esposa, o deixando só com uma pequena menina chamada Mónica. Para infortúnio da pequena, seu pai tem uma frívola e vaidosa amante, Irene. Daniela e Juan Antonio, ambos por separado decidem tomar um cruzeiro para descansar e se esquecer do problemas que os aquejan, desta maneira se conhecem a bordo e inevitavelmente se apaixonam. A fortuna de conhecer-se é tão grande e os dois são tão felizes que decidem se casar mas Mónica não quer aceitar a Daniela como sua segunda mãe, apesar de que Daniela adora à filha de seu esposo.

Após um tempo e de diversos tratamentos, Daniela consegue ficar grávida, mas a malvada Irene ocasiona-lhe um acidente automobilístico deixando a Daniela em graves condições, o menino consegue nascer mas é débil e morre uma semana depois. Daniela está à beira do suicídio ao inteirar-se que nunca poderá ter filhos. Mónica ao ver o sofrimento de Daniela pela morte de seu filho por fim chama-a mamãe. Passados nos anos Mónica tem crescido e é uma linda mulher, Juan Antonio segue com grande sucesso nos negócios mas Daniela não tem podido recuperar da morte de sua bebe ademais o passado a ameaça quando Alberto sai do cárcere disposto a vingar da mulher que o condenou ao encerro atentando contra Mónica para a fazer sofrer.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio TVyNovelas de 1990[editar | editar código-fonte]

Categoria Indicado(a) Resultado
Melhor telenovela Juan Osorio Venceu
Melhor atriz protagonista María Sorté Venceu
Melhor ator protagonista Enrique Novi Indicado
Melhor atriz antagonista Alejandra Maldonado Indicado
Melhor ator antagonista Fernando Ciangherotti Venceu
Melhor atriz principal Ada Carrasco Indicado
Melhor atriz juvenil Daniela Castro Indicado
Melhor atuação masculina Alfredo Adame Venceu
Melhor história ou adaptação Eric Vonn Venceu
Melhor direção de câmera Alejandro Frutos Venceu

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]