Micélio medusoide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Mycelium medusóide é um fungo fictício muito letal em Desventuras em Série de Lemony Snicket, encontrado na gruta gorgônea, uma gruta no mar que depois vai até a praia de sal.

O Mycelium é um fungo que se inalado ou ingerido por alguém, libera um esporo que faz nascer um fungo, este se espalha rapidamente pela garganta da vítima, fechando-a em cerca de 1 hora. Nesse meio tempo a pessoa tem uma incômoda, forte e intensa tosse.

Sunny Baudelaire é infectada por ele no livro 11 em "Desventuras em Série", de Lemony Snicket, intitulado A Gruta Gorgônea.

Já no livro 13, intitulado O Fim, os irmãos Klaus, Violet e Sunny Baudelaire são infectados, juntamente com Kit Snicket, Conde Olaf e os colonos da ilha em que se encontravam.

De um único esporo é tão cruel o poder

Que em menos de uma hora tu podes morrer

Seria então possível deixá-lo mais ralo?

Sim, basta uma dose de raiz-de-cavalo!

Antídoto[editar | editar código-fonte]

O antídoto de tal fungo é a raiz-forte, encontrada na fábrica do Mau Caminho. (Ou raiz-de-cavalo. Pode ser substituído por wasabi, pois este é feito de raiz-forte, e também pelas maçãs pungentes/amargas encontradas na ilha próxima à plataforma costeira, pois elas são híbridas de raiz-forte.)