Micaela de Valois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Micaela de Valois
Duquesa consorte de Borgonha
Condessa consorte de Artois e Flandres
Condessa consorte Palatina de Borgonha
Reinado 10 de setembro de 14198 de julho de 1422
Condessa consorte de Charolais
Reinado Junho de 14098 de julho de 1422
 
Marido Filipe, o Bom
Casa Valois (por nascimento)
Borgonha (por casamento)
Nascimento 11 de janeiro de 1395
  Hôtel Saint-Pol, Paris, França
Morte 8 de julho de 1422 (27 anos)
  Gante, Flandres Oriental, Bélgica
Enterro Mosteiro de São Bavão, Gante
Pai Carlos VI de França
Mãe Isabel da Baviera


Micaela de Valois ou Micaela de França (em francês: Michelle; Hôtel Saint-Pol, 11 de janeiro de 1395Gante, 8 de julho de 1422)[1] foi uma duquesa consorte de Borgonha. Era uma filha de Carlos VI de França e Isabel da Baviera. Foi nomeada em homenagem a São Miguel Arcanjo depois que seu pai notou uma melhoria em sua saúde após uma peregrinação no Monte Saint-Michel, em 1393.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Apesar de rumores persistem que Micaela e seus irmãos foram negligenciados por seus pais, este não era o caso. A rainha Isabel comprava brinquedos luxuosos, roupas e presentes para seus filhos, e escrevia cartas regularmente para eles quando foram separados. Em tempos de peste, garantiu que fossem enviados com segurança para o interior.[2]

Em junho de 1409, se casou com o futuro Filipe III, Duque de Borgonha, mais tarde conhecido como Filipe, o Bom. Ela se tornou melancólico em 1419 na sequência do envolvimento de seu irmão, o futuro rei Carlos VII de França, no assassinato de seu sogro, João Sem Medo. Micaela tinha dado à luz uma filha, Inês, mas ela morreu na infância.[3]

Ficou doente e morreu em Gante em 1422, enquanto o marido estava ausente se preparando para a batalha de Cone. Todos os habitantes ficaram entristecidos, já que era muito amada pelo povo. Foi enterrada no mosteiro de São Bavão perto de Gante. Apenas um fragmento de seu túmulo reclinado ainda permanece.

Após sua morte, acreditava-se que tinha sido envenenada por uma senhora atendente da Alemanha, Dame de Viesville, uma confidente próxima que havia sido demitida de Aire pouco antes da morte de Micaela. A senhora nunca foi acusada.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Foundation for Medieval Genealogy
  2. Gibbons, Rachel. (1996). "Isabeau of Bavaria, Queen of France (1385–1422). The Creation of a Historical Villainess". Transactions of the Royal Historical Society, Volume 6, 51–73
  3. Magill, Frank N. (2012). The Middle Ages: Dictionary of World Biography, Volume 2. Londres: Routledge, p. 742. ISBN 1136593136
Precedido por
Margarida da Baviera
Duquesa consorte de Borgonha
Condessa consorte de Artois e Flandres
Condessa consorte Palatina de Borgonha
Condessa consorte de Charolais

10 de setembro de 14198 de julho de 1422
Sucedido por
Bona de Artois
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Micaela de Valois