Mical

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mical
מישל
Michal ajudando Davi a escapar pela janela de Gustave Doré em 1835.
Progenitores Pai: Saul
Cônjuge Davi
Tribo Tribo de Benjamim
Menção bíblica I Samuel

Mical (em hebraico: מישל) foi uma princesa do Reino Unido de Israel, filha mais nova do rei Saul e primeira esposa de Davi, que mais tarde se tornou rei, primeiro de Judá, depois de Israel.

Ela casou-se com Davi após Saul a haver prometido caso lhe trouxesse, em troca do dote, cem prepúcios de filisteus, porém Davi lhe trouxe duzentos prepúcio. Mical salva Davi de ser preso por Saul, o ajudando escapar pela madrugada.

Durante o exílio de Davi, Saul a deu em casamento a Paltiel, filho de Laís, o qual era de Galim, embora ainda permanecesse casada com Davi. Após a morte de Saul, Davi exige de Abner que Mical lhe seja restituída, pois o mesmo pagou duzentos prepúcios em troca de sua mão.

Mical repreende a Davi quando este traz a arca da aliança para Jerusalém, por recriminar a forma como o rei dançava e se alegrava perante o povo. Este o motivo de Mical ser estéril.[1]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Quis
Obed
Saul
Jessé
Jônatas
Abinadade
Mauquisua
Isbosete
Merabe
Mical
David
Bate-Seba
Mefibosete
Salomão
Mica
Roboão
Pitom
Meleque
Tareá
Acaz

Referências

  1. «Mical — BIBLIOTECA ON-LINE da Torre de Vigia». wol.jw.org. Consultado em 23 de maio de 2021