Michael Ballhaus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Michael Ballhaus
Em 2007
Nascimento 5 de agosto de 1935
Berlim
Nacionalidade Alemão
Morte 12 de abril de 2017 (81 anos)
Berlim
Ocupação Cineasta, Diretor de fotografia
Festival de Berlim
Urso de Ouro Honorário
2016
IMDb: (inglês)

Michael Ballhaus (Berlim, 5 de agosto de 1935 – Berlim, 12 de abril de 2017[1]) foi um cineasta e diretor de fotografia alemão. É conhecido por seu constante trabalho com o cineasta Martin Scorsese. Foi indicado três vezes ao Oscar pelos filmes Broadcast News, The Fabulous Baker Boys e Gangs of New York, mas nunca venceu.

Para Martin Scorsese, Ballhaus dirigiu a fotografia de filmes como After Hours / Depois de Horas, A Última Tentação de Cristo, A Cor do Dinheiro, Goodfellas / Os Bons Companheiros, A Era da Inocência, Gangues de Nova York / Gangs of New York, The Departed.

Trabalhou na direção de fotografia de diversos filmes alemães, até despontar para o cinema internacional nos filmes O Casamento de Maria Braun (de 1979) e Lili Marleen (de 1981) do cineasta alemão Rainer Werner Fassbinder. Seu primeiro filme foi o polêmico As Lágrimas Amargas de Petra von Kant no qual fotografou a película com apenas uma câmera.

Trabalhou com diretores como Paul Newman (no filme À Margem da Vida / The Glass Menagerie), James L. Brooks (em Nos Bastidores da Notícia), Volker Schlöndorff (em A Morte do Caixeiro Viajante / Death of a Salesman), Mike Nichols (Working Girl / Uma Secretária de Futuro), Francis Ford Coppola (Drácula de Bram Stoker / Bram Stoker's Dracula), entre outros.

Referências

  1. «German cinematographer Michael Ballhaus dies at 81». Associated Press (em inglês). NYDailyNews.com. 12 de abril de 2017. Consultado em 12 de abril de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.