Michael Fisher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Michael Fisher
Teoria de transição de fase
Nascimento 3 de setembro de 1931
Trinidad e Tobago
Morte 26 de novembro de 2021 (90 anos)
Nacionalidade inglês
Cidadania Reino Unido
Filho(s) Matthew P. A. Fisher
Alma mater King's College de Londres
Ocupação físico, físico teórico, cientista, roteirista, professor(a) universitário(a), matemático, químico
Prêmios Guthrie Medal and Prize (1980), Prêmio Wolf de Física (1980), Medalha Boltzmann (1983), Gibbs Lecture (1992), Prêmio Joseph O. Hirschfelder (1995), Prêmio Lars Onsager (1995), Medalha Real (2005), Prêmios Fronteiras do Conhecimento (2009)
Empregador Universidade Cornell, King's College de Londres, Universidade de Maryland, Universidade de Leiden, Universidade de Leiden
Orientado(s) Graeme Milton
Instituições Universidade de Maryland
Campo(s) física
Página oficial
http://www.glue.umd.edu/~xpectnil/

Michael Ellis Fisher (Fyzabad,Trinidad e Tobago, 3 de setembro de 193126 de novembro de 2021) foi um físico, químico e matemático inglês.

Conhecido por diversas contribuições na física estatística, incluindo sua teoria de transição de fase, pela qual ganhou várias homenagens.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado pelo King's College de Londres, onde obteve o Ph.D. em física em 1957. Tornou-se professor pela mesma universidade no ano seguinte. Em 1966 se mudou para a Universidade Cornell, onde se tornou professor de química, física e matemática, sendo o chefe do departamento de química no período de 1975 a 1978. Em 1971 se tornou membro da Royal Society.

Em 1983 Michael Fisher foi eleito membro da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, na seção de química. Desde 1987 trabalhou no Instituto de Física da Universidade de Maryland.

Fisher recebeu o Prêmio Wolf de Física[1] em 1980 (junto com Kenneth Wilson e Leo Kadanoff), também recebeu em 1983 a Medalha Boltzmann[2] pelo União Internacional de Física Pura e Aplicada, dentre outros prêmios. Também foi um dos que assinaram uma petição para o presidente Barack Obama em 2015 para que o Governo Federal dos Estados Unidos fizesse um pacto de desarmamento nuclear e de não-agressão.[3][4]

Morreu em 26 de novembro de 2021, aos 90 anos de idade.[5]

Referências

  1. «The 1980 Wolf Foundatio Prize in Physics» (em inglês). 1980 
  2. «Michael E. Fisher: Boltzmann Medallist 1983» (em inglês). 1983 
  3. 29 top US scientists pen letter to Obama on ‘unprecedented’ Iran deal Russia Today, 9 de agosto de 2015
  4. Dear Mr. President
  5. «Michael E. Fisher, 1931-2021». UMD Physics. 30 de novembro de 2021. Consultado em 2 de dezembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
George Eugene Uhlenbeck e Giuseppe Occhialini
Prêmio Wolf de Física
1980
com Leo Kadanoff e Kenneth Wilson
Sucedido por
Freeman Dyson, Gerardus 't Hooft e Victor Weisskopf
Precedido por
James Black, Alec Jeffreys e Jack Lewis
Medalha Real
2005
com Michael Pepper e Anthony Pawson
Sucedido por
David Baulcombe, Richard Timothy Hunt e John Pendry


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.