Michael Rosbash

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Michael Rosbash Medalha Nobel
Nascimento 7 de março de 1944 (74 anos)
Kansas City, Missouri
Nacionalidade Estadunidense
Cônjuge Nadja Abovich
Alma mater Instituto de Tecnologia da Califórnia, Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Universidade de Edimburgo
Prêmios Prêmio Gruber de Neurociência (2009)
Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina (2017)
Instituições Universidade Brandeis
Campo(s) Biologia molecular, cronobiologia

Michael Morris Rosbash (Kansas City, Missouri, 7 de março de 1944) é um biologista molecular e cronobiologista estadunidense. É professor da Universidade Brandeis e investigador da Howard Hughes Medical Institute. O grupo de pesquisa de Rosbash clonou o gene do período de Drosophila em 1984 e propôs o Loop de Feedback Negativo de Tradução de Transição para relógios circadianos em 1990;

Condecorações (seleção)[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Michael Morris Rosbash bei der John Simon Guggenheim Memorial Foundation (gf.org)
  2. Book of Members 1780–present (PDF, 478 kB) der American Academy of Arts and Sciences (amacad.org)
  3. 2009 Gruber Neuroscience Prize, gruberprizes.org
  4. Louisa Gross Horwitz Prize - 2011 bei der Columbia University (columbia.edu)
  5. Michael Rosbash PhD, Fundação Gairdner (gairdner.org)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Yoshinori Ohsumi
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2017
com Jeffrey C. Hall e Michael W. Young
Sucedido por
James P. Allison e Tasuku Honjo