Michael Weiss (matemático)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Michael Weiss
Nascimento 1955 (66 anos)
Berlim
Nacionalidade alemão
Cidadania Alemanha
Alma mater Universidade de Warwick
Ocupação matemático, professor universitário
Prêmios Prêmio Fröhlich (2006)
Empregador Universidade de Münster
Campo(s) matemática

Michael S. Weiss (1955) é um matemático alemão.

Weiss estudou na Universidade de Warwick, onde obteve em 1982 um doutorado, orientado por Brian Sanderson, com a tese An Attack on the Kervaire Invariant Conjecture.[1] Foi professor da Universidade de Aberdeen.

Trabalhou com topologia algébrica e topologia diferencial, em especial com K-teoria algébrica. Em 2003 provou com Ib Madsen a hipótese de Mumford, baseado em ideias de Ulrike Tillmann. Posteriormente simplificou a prova com Madsen, Tillmann e Søren Galatius.

Em 2006 recebeu o Prêmio Fröhlich.

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • com Dwyer, Williams: A parametrized index theorem for the algebraic K-theory Euler class, Acta Math. 190 (2003), no. 1, 1–104.
  • com Madsen: The stable moduli space of Riemann surfaces: Mumford's conjecture, Ann. of Math. (2) 165 (2007), no. 3, 843–941.
  • com Galatius, Tillmann, Madsen: The homotopy type of the cobordism category, Acta Math. 202 (2009), no. 2, 195–239.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.