Micheline Calmy-Rey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Micheline Calmy-Rey
Nascimento 8 de julho de 1945 (77 anos)
Sião
Cidadania Suíça
Filho(s) Alexandra Calmy
Irmão(s) Eliane Rey
Alma mater
Ocupação política
Prêmios
  • Ordem do Distintivo de Honra
  • Ordem da Amizade
Empregador Universidade de Genebra

Micheline Calmy-Rey (Sion, 8 de julho de 1945) é uma política suíça e antiga presidente do Conselho Federal, o principal órgão do Poder Executivo do país. Foi eleita conselheira federal em 2003 (então encarregada das Relações Exteriores), e foi Presidente da Confederação em 2007.[1] Em 2010, foi eleita à vice-presidência da Confederação para os dois meses de novembro e dezembro de 2010, antes de ser escolhida pela segunda vez, em 8 de dezembro de 2010, para o cargo de Presidente da Confederação, a ser exercido no ano de 2011, o seu último ano como membro do órgão. Na votação de dezembro de 2010, Calmy-Rey obteve 106 votos de 189 boletins válidos (o pior resultado da história para esse tipo de eleição na Suíça).

Calmy-Rey é membro do Partido Socialista Suíço.[1]

Referências

  1. a b Turner, B. (2016). The Statesman's Yearbook 2015: The Politics, Cultures and Economies of the World (em inglês). Berlim: Springer. p. 1179. ISBN 9781349672783 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.