Michio Kaku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Michio Kaku
Física Teórica
Michio Kaku
Nacionalidade norte-americano
Nascimento 24 de janeiro de 1947 (70 anos)
Local São José (Califórnia)
Cônjuge Shizue Kaku
Atividade
Campo(s) Física Teórica
Instituições Universidade de Princeton
City University of New York
Alma mater Universidade de Harvard
Universidade de Berkeley -(Ph.D., 1972)
Conhecido(a) por Campo de Teoria das cordas
Divulgação científica
Prêmio(s) Prêmio Memorial Klopsteg (2008)

Michio Kaku (em japonês 加來 道雄) (São José, 24 de janeiro de 1947) é um físico teórico estadunidense.[1] É professor e co-criador da teoria de campos de corda, um ramo da teoria das cordas,[2] que viria para ajudar na explicação da chamada Teoria de tudo, buscada por diversos físicos ao longo da nossa história, incluindo Albert Einstein. Michio kaku defende a existência de universos paralelos.[1]

O físico é popular por transformar temas extremamente técnicos de forma que possam ser compreendidos com maior facilidade.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Kaku formou-se como bacharel (summa cum laude) na Universidade de Harvard em 1968, quando ele foi primeiro em sua turma de física. Em 1972, ele dirigiu-se ao Berkeley Radiation Laboratory na Universidade de Berkeley para receber o PhD.[1] Em 1973, tornou-se membro da Universidade de Princeton. E atualmente ele é professor da City University of New York. Autor de vários artigos técnicos envolvendo a teoria das cordas, a supergravidade, supersimetria e hádrons; seus estudos atualmente se concentram na Teoria de tudo.[1]

É autor de vários livros de divulgação científica, e também fez várias participações em programas de televisão explicando os conceitos mais "esotéricos" da física moderna.[3] Atualmente apresenta três programas no Discovery Channel: A Física do Impossível, Como Funciona o Universo e O Mundo do Futuro.

O físico, em seus estudos, defende a existência de universos paralelos.[1]

Bibliografia [nota 1][editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Bibliografias em português

Referências

  1. a b c d e f Lucas Karasinski (30 de agosto de 2012). «Michio Kaku: por que ele é considerado o maior físico teórico do mundo». Tecmundo. Consultado em 4 de abril de 2017 
  2. «Superstrings - Cordas Cósmicas». UFRGS. Consultado em 4 de abril de 2017 
  3. «Confira a entrevista da SUPER com Michio Kaku, cientista e autor do livro "Física do Futuro"». Super Interessante. Abril. 9 de setembro de 2012. Consultado em 4 de abril de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]