Micose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Micose é o nome genérico dado a várias infecções causadas por fungos1 . Existem cerca de 230 mil tipos de fungos, mas apenas 100 tipos aproximadamente que causam infecção. Visto que os fungos estão em toda a parte, é inevitável a exposição a eles. Em condições favoráveis (como ambientes com muita umidade e calor excessivo), os fungos se reproduzem e podem dar origem a um processo infeccioso que, dependendo do fungo ou da região afectada, pode ser superficial ou profundo.

Micoses superficiais[editar | editar código-fonte]

Nesse tipo de micose, os fungos se localizam na parte externa da pele, ao redor dos pêlos ou nas unhas, alimentando-se de gordura e/ou uma proteína chamada queratina. A micose superficial mais comum é a frieira(tinea pedis) ou 'pé-de-atleta', que atinge a pele entre os dedos, geralmente dos pés. Ela pode vir acompanhada de uma infecção bacteriana. Em alguns casos a cura pode demorar vários meses. A onicomicose (infecção fúngica da unha) também é extremamente frequente na população adulta, particularmente nas unhas dos pés. A Pitiríase versicolor, conhecida vulgarmente como pano branco, é uma micose superficial causada pela levedura Pityrosporum ovale.

Micoses profundas[editar | editar código-fonte]

Incluem-se neste grupo infecções fúngicas que afetam a profundidade da pele ou subcutâneas (por exemplo, Esporotricose e Cromomicose) e aquelas que se instalam em órgãos internos (por exemplo, Blastomicose, Criptococose). Na micose subcutânea normalmente a infecção fica restrita à pele. Enquanto na micose profunda propriamente dita, os fungos se espalham através da circulação sanguínea e linfática. Podem infectar a pele e órgãos internos como pulmões, intestinos, ossos e até mesmo o sistema nervoso.

Contágio[editar | editar código-fonte]

Algumas formas comuns de se contrair uma micose:

Prevenção[editar | editar código-fonte]

Alguns procedimentos diminuem o risco de se contrair uma micose1 , dentre eles:

  • Sempre use sandálias;
  • Evite andar descalço em pisos úmidos;
  • Nunca use toalhas compartilhadas, especialmente se estiverem úmidas ou mal lavadas;
  • Após o banho enxugue-se bem, principalmente nas áreas de dobras, como o espaço entre os dedos dos pés e virilha
  • Use sempre roupas íntimas de fibras naturais como o algodão, pois as fibras sintéticas prejudicam a transpiração
  • Verifique se os objetos de manicure, como alicates, tesouras e lixas são esterilizados. Melhor ainda se tiver um de uso exclusivo seu
  • Em contato prolongado com detergentes, use luvas e enxague as mãos toda vez que usar esponja
  • Evite utilizar pentes ou escovas de cabelo de outras pessoas
  • evitar uso de roupas molhadas.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

Existem medicamentos rápidos, eficazes e seguros para o tratamento de micose. Mas, apesar de ser um tratamento simples, exige persistência, porque é comum pensar que o fungo está eliminado, quando na verdade não está. Portanto, o paciente não deve interromper o tratamento quando se sentir melhor. Deve seguir corretamente o tratamento indicado pelo médico ou dermatologista.

Sintomas[editar | editar código-fonte]

Os sintomas da micose são de acordo com o tipo e a extensão da manifestação. Os sintomas mais comuns são:

-Coceira -Descamação da pele -Irritação -Vermelhidão -Quando nas unhas elas ficam com aparência esverdeada e escura, em seguida fica oca.Caso não haja o cuidado devido perde-se a unha e a micose persiste podendo seguir para a corrente sanguínea. -A micose pode se apresentar em forma de frieira que ocorre geralmente nos pés e entre os dedos, em forma de impigem ou na virilha, onde ocorre a formação de uma grande placa avermelhada com os sintomas descritos acima.

Referências

  1. a b Micoses e medidas preventivas. Portal Banco de Saúde. Micoses e medidas preventivas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.