Microalga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em biologia aquática (biologia marinha e limnologia) chamam-se microalgas as algas unicelulares que crescem em água doce ou salgada. Seu tamanho pode variar de alguns a poucas centenas de micrômetros (1µm = 10-6m). Elas podem estar associadas em colónias, por vezes de grandes dimensões.[1]

As microalgas, não só perfazem uma grande parte do plâncton e têm sido consideradas responsáveis pela maior parte do oxigênio da atmosfera terrestre, mas também são a base da cadeia trófica do bentos. Foi estimada a existência de 200 000 a 800 000 espécies, das quais apenas cerca de 35 000 estão descritas.

Usa-se este termo em oposição a macroalga, que refere normalmente as algas com órgãos diferenciados, como as algas vermelhas e as algas castanhas.

O grupo de microalgas mais importante é o das diatomáceas, mas em certos sistemas, principalmente em água doce, as clorofíceas ou cianofíceas podem ser dominantes.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

Algumas microalgas podem ser cultivadas para uso em aditivos alimentares, ou ainda no uso de seu próprio conteúdo, como óleos, pigmentos e alguns carboidratos especiais e pela produção do ácido graxo como Omega-3, que é passado na cadeia alimentar.

Alguns produtos obtidos de microalgas[2]
Produto Aplicações
Alimentos naturais “health food”
Alimentos funcionais
Biomassa Biomassa Aditivos alimentares
Aqüicultura
Condicionador do solo
Xantofilas (astaxantina e cantaxantina)
Corantes e Luteína Cosméticos
antioxidantes Aditivos alimentares
Beta-caroteno
Vitamina C e E
Ácido araquidônico - ARA
Ácido eicosapentaenóico - EPA
Ácidos graxos Ácido docosahexaenóico - DHA Aditivos alimentares
Ácido gama-linolênico - GCA
Ácido linoléico - LA
Superóxido dismutase –SOD Alimentos naturais
Enzimas Fosfoglicerato quinase – PGK Pesquisa
Luciferase e Luciferína Medicina
Enzimas de restrição
Polissacarídeos Aditivos alimentares
Polímeros Amido Cosméticos
Ácido poli-beta-hidroxibutirico - PHB Medicina
Peptídeos
Toxinas
Produtos especiais Isótopos Pesquisa
Aminoácidos (prolina, arginina, ácido aspártico) Medicina
Esteróis

Abaixo está alguns exemplos de empresas que utilizam microalgas para produzirem aos produtos para medicina.

Empresas, localização, microalgas cultivadas, seus produtos e atividade biológica atribuída[2]
Empresa País Microalga (gênero) Produto Atividade biológica
Martek/Omegatech USA Crypthecodinium DHA Desenvolvimento cerebral
Cyanotech USA Haematococcus Astaxantina Tratamento da Síndrome do Túnel do Carpo
MERA USA Haematococcus Astaxantina Antiinflamatório, tratamento de lesões musculares
OceanNutrition Canadá Chlorella Extrato de carboidratos Melhora da resposta imunológica, antigripal (“anti-flu”)
InnovalG França Odontella Ácido eicosapentaenóico - EPA Antiinflamatório
Panmol/Madaus Áustria Spirulina Vitamina B12 Melhora da resposta imunológica
Nutrinova/Celanese Alemanha Ulkenia Ácido docosahexaenóico - DHA Tratamento de doenças cerebrais e cardíacas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete Microalga.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Microalga


Portal A Wikipédia possui o portal:


Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.