Microstróbilo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Em botânica, chama-se microstróbilo à inflorescência masculina das coníferas, que normalmente não tem o aspecto do megastróbilo, a pinha ou estróbilo feminino[1].

Os estróbilos são ramos modificados (como as flores nas angiospérmicas) formados por um eixo onde se desenvolvem, de forma helicoidal, folhas reprodutivas. No microstróbilo, essas folhas denominam-se microsporófilos, em cujas páginas abaxiais se desenvolvem os microsporângios, ou "sacos de polen".

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.